Gloria Perez não acredita na ressocialização dos assassinos da filha

Gloria Perez não acredita na ressocialização dos assassinos da filha

No episódio final do documentário “Pacto brutal: o assassino de Daniella Perez”, a autora da novela Gloria Perez, expões sua opinião sobre a ressocialização dos presos. A globo apontou que, apesar de acreditar na medida, ela não ver os requisitos básicos em Guilherme de Paula e Paula Thomaz, os assassinos de sua filha.

“As pessoas perguntam se sou contra a ressocialização de presos, se eu acredito que as pessoas mudam. Claro que acredito!”, iniciou Gloria Perez a mãe da atriz, assassinada em dezembro de 1992 pelo então ator e sua esposa.

A autora de travessia, novela das 22h da globo que vai estrear após pantanal, pontuou comportamentos de Paula que podem interpretados como uma obsessão grande por Daniella.

Ela saiu do presídio e o que foi fazer na vida?

Ela foi estuar direito na mesma faculdade onde Daniella estudou e o irmão dela, Rodrigo, formou, depois ela mudou de faculdade e escolhe quem como professor? O promotor (Mauricio Assayg) que a condenou. Ela escolheu a dedo.


Deixe uma resposta