Fiscalização apreende 750 kg de carne bovina, frango e outros alimentos estragados em Alagoas

Fiscalização apreende 750 kg de alimentos estragados em Maceió — Foto: Vigilância Sanitária

Fiscais da Vigilância Sanitária de Maceió (Visa) apreenderam 750 kg de carne bovina, frango, mortadela e outros alimentos estragados durante uma operação ocorrida sábado (20) e domingo (21). Foram inspecionados estabelecimentos localizados nos bairros Vergel do Lago, Ponta Grossa e no conjunto Graciliano Ramos.

Entre os produtos retirados das prateleiras também foram encontrados linguiça, calabresa, queijo, charque, batata, doce de banana industrializado, a maioria fora do prazo de validade.

Segundo o coordenador da Vigilância Sanitária, Airton Santos, se consumidos, esses alimentos podem trazer prejuízos à saúde da população.

“Nos estabelecimentos, os fiscais passam as orientações necessárias aos comerciantes e observam o estado dos alimentos, conservação de maquinários, higienização e alvará sanitário, por exemplo. O órgão não busca punir, mas fazer uma orientação educativa, pois nosso intuito é garantir a saúde do consumidor”, explicou o coordenador.

Os estabelecimentos com irregularidades receberam um auto de apreensão e uma multa, que pode variar de R$ 180 a R$ 19 mil. Os alimentos recolhidos foram descartados no Aterro Sanitário da capital, localizado no Benedito Bentes.

Ação contínua

Entre os meses de fevereiro e novembro, a Visa já apreendeu 71 toneladas de alimentos impróprios para consumo.

Nesse período, foram realizadas 8 mil fiscalizações e 36 estabelecimentos foram interditados, sendo:

  • 19 padarias

  • 6 farmácias

  • 4 avícolas

  • 3 barracas de praia

  • 1 sandubaria

  • 1 lanchonete

  • 2 pizzarias

A fiscalização também esteve em supermercados, laticínios, bares e restaurantes, consultórios médicos e odontológicos, hospitais, clínicas veterinárias; funerárias; academias, hotéis, laboratórios e eventos.

A população pode fazer denúncia anônima à Vigilância Sanitária por meio do número 3312-5495, de segunda a sexta, das 7h às 13h. O WhatsApp (82) 98705-0730 também está disponível 24 h todos os dias.


Deixe uma resposta