Família busca ajuda para localizar professor universitário desaparecido há 48 horas

Professor José Cleiton – Foto: Cortesia ao Cada Minuto

Familiares do professor José Cleiton da Conceição Alves, de 35 anos, desaparecido desde a tarde de segunda-feira (26) procuraram a imprensa em busca de ajuda para localizá-lo. Cleiton desapareceu ao sair de sua residência, no município de Piranhas, sem levar nada.

Cintia Daniele, esposa do professor, contou que a última vez que teve contato com o marido foi quando ele saiu de casa dizendo que iria comprar ração e, em seguida, prepararia uma aula online para a instituição na qual leciona, uma faculdade particular localizada em Canindé do São Francisco, Sergipe.

“Ontem, por volta das 3h30 da manhã, o motorista de um ônibus que ele pegou para Recife disse que ele desembarcou em Caruaru. Ele não tem conhecidos lá, está andando sem rumo. Ele só tem família em Maceió”, explicou a esposa, sobre o fato de Cleiton ter sido visto embarcando em um ônibus, no terminal rodoviário de Delmiro Gouveia.

Cintia disse acreditar que o marido pode ter tido um surto, “porque ele vem reclamando há dias que está muito estressado, ansioso, com muita pressão, o que estava interferindo no sono e no apetite”.

“Cleiton não tem nenhum problema de saúde, nem mental ou psicológico… É uma pessoa centrada, professor universitário, evangélico e não aconteceram brigas em casa. Não teve nada. Também já olhei o celular e não tem nada que indique o que aconteceu… Ele saiu deixando a porta aberta e sem levar nada, computador, celular, carteira…”, completou.

Ela pede para que as pessoas compartilhem as imagens do professor e, quem tiver informações sobre o paradeiro dele, entre em contato por meio dos telefones (82) 99182-0121; (82) 2122-5220 ou pelo Disque Denúncia da Polícia Civil,181.

*  Por: Cada Minuto

 


Deixe uma resposta