Escrivão Jorge Luiz de Barros morre aos 65 anos em Palmeira dos Índios

Escrivão Jorge Luiz de Barros, de 65 anos, morreu na noite desta sexta-feira (13)

O escrivão Jorge Luiz de Barros, popularmente conhecido como “Jorginho”, de 65 anos, morreu na noite de ontem, sexta-feira (13), após sofrer um infarto em Palmeira dos Índios.

Jorge Luiz era filho do tabelião Luiz Vieira de Barros e da Dona Marieta Bezerra, se formou em direito pela Universidade Federal de Alagoas e era bastante ativo na política, chegando a se candidatar a vereador em 1982, mesmo recebendo uma votação expressiva, não obteve êxito e ficou na suplência.

Uma de suas paixões era o esporte, torcedor fanático do CRB, Jorge Luiz foi o autor do último estatuto do CSE.

Muito conhecido na região, Jorge deixa uma legião de amigos e admiradores. O velório será realizado no Campo Santo Parque das Flores e o sepultamento no Cemitério São Gonçalo, às 11 horas da manhã. Jorge Luiz era solteiro e não deixa filhos.


Deixe uma resposta