Equatorial Alagoas disponibiliza acesso a banco de dados para Segurança Pública do Estado

Equatorial Alagoas disponibiliza acesso a banco de dados para Segurança Pública do Estado

Com o objetivo de permitir o compartilhamento de dados da distribuidora para atividades de investigação policial e combate à criminalidade, a Equatorial Alagoas e o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Segurança Pública, assinaram na tarde desta terça-feira (05), um termo de cooperação técnica. A parceria vai possibilitar o aperfeiçoamento e o desenvolvimento do trabalho da equipe de inteligência do órgão, que atua coibindo crimes, diariamente.

O termo de cooperação assinado, possibilita o acesso da secretaria ao banco de dados da Equatorial, seguindo todos os regramentos da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). A integração da empresa com o órgão de segurança trará diversos benefícios como: a redução da violência e do tráfico de drogas, ampliação de ações de prevenção e repressão, redução no tempo de resposta à população, melhoria na análise de dados e atuação estratégica.

Na ocasião, o presidente da Equatorial Alagoas, Humberto Soares, reforçou a importância da parceria e colocou a Distribuidora à disposição da secretaria. “Hoje firamos esse termo de cooperação técnica com a segurança pública que vai permitir que a secretaria acesse nossos dados para ajudar nas investigações e no combate ao crime. Através dessa parceria com o Governo do Estado, a Equatorial dá essa contribuição aos cidadãos alagoanos na elucidação dos crimes”, reforçou o presidente da concessionária.

Durante a reunião, o secretário de segurança pública do estado, Alfredo Gaspar, parabenizou a distribuidora pelo trabalho que vem sendo realizado pela empresa na busca de oferecer um fornecimento de energia elétrica de qualidade e ressaltou a importância da celebração do termo agradecendo a disponibilidade da Equatorial e destacando também que a segurança pública sempre trabalha de forma conjunta com diversos órgãos, instituições e empresas, em busca de benefícios para a população alagoana.

A distribuidora reforça que também irá realizar um treinamento junto aos técnicos da segurança, indicados pelo núcleo de inteligência, que terão acesso ao sistema de informações da empresa para fins exclusivos das atividades que constam no termo. O acordo terá vigência de 12 meses, assim que for publicado no Diário Oficial do Estado, podendo ser prorrogado pelo mesmo tempo.


Deixe uma resposta