Em Brasília Severino Pessoa manifesta apoio aos professores de Arapiraca e manda recado a Luciano Barbosa

Em Brasília Severino Pessoa manifesta apoio aos professores de Arapiraca e manda recado a Luciano Barbosa

Nesta quinta-feira (5) o deputado federal Severino Pessoa (MDB) postou em suas redes sociais um vídeo no qual manda um recado ao prefeito de Arapiraca, Luciano Barbosa (MDB), que vem demonstrando inabilidade para dialogar com os servidores da Educação, que reivindicam o reajuste do piso salarial da categoria, assim como o cumprimento do Plano de Cargos e Carreira, o PCC.

No vídeo, que foi gravado no plenário da Câmara Federal, o deputado afirma que tem recebido inúmeras mensagens e ligações de professores arapiraquenses, que demonstram indignação com o prefeito, que não vem abrindo o diálogo com a categoria, que pede apenas que a lei seja cumprida.

Conforme foi amplamente divulgado pelas redes sociais, o último fato lamentável ocorreu na última terça-feira, quando representantes da categoria foram impedidos de entrar na Prefeitura e intimidados por seguranças armados e viaturas policiais.

Segundo as lideranças da categoria, nesse quase um ano e meio de gestão foram inúmeros os chás de cadeira dados pelo prefeito. Em algumas ocasiões os servidores foram submetidos a humilhação de passarem o dia sentados nos corredores da Prefeitura, se alimentando de quentinhas enquanto aguardavam serem atendidos pelo todo poderoso gestor, que se tranca em seu gabinete e no final do dia deixa a Prefeitura pela porta dos fundos para não dialogar com a classe.

Os servidores pedem que o prefeito cumpra a lei 11.738 que trata do reajuste do piso salarial da categoria, assim como o cumprimento do Plano de Cargos e Carreira, o PCC. O reajuste reivindicado pela categoria é de 33,24%, mas até agora a gestão acenou apenas com 10%.

Nossa equipe de reportagem procurou o deputado, que comentou sobre o assunto. “Os professores representam o pilar da nossa sociedade e merecem respeito. O prefeito Luciano tem que entender que não é ele quem decide se vai dar ou não ou quanto será o reajuste. Quem decide é a legislação, pois o reajuste é uma lei e deve ser cumprida por ele, que segue brincando de ser prefeito, enquanto os servidores da Educação e os mais de 230 mil arapiraquenses sobrevivem mergulhados num mar de problemas que, pelo visto, estão longe de serem resolvidos. Prefeito! É hora de começar a trabalhar, pois 2024 já está bem aí”, alertou Severino Pessoa.


Deixe uma resposta