Dirigentes do Flamengo viajam a Girona para fechar acordo com Domènec Torrent

Domènec Torrent em sua passagem como técnico do New York City FC — Foto: Reprodução / Facebook

O próximo passo do Flamengo para sacramentar o acordo com Domènec Torrent será encontrar pessoalmente o treinador. O vice de futebol, Marcos Braz, e o diretor executivo, Bruno Spindel, viajam nesta quarta-feira para Girona, cidade próxima a Barcelona, onde haverá a assinatura do contrato até dezembro de 2021.

O deslocamento é encarado mais como formalidade: uma forma de selar o acordo e assinar o contrato. A expectativa é de que Domènec também grave um vídeo para os torcedores do Flamengo. Braz e Spindel só pretendem voltar ao Brasil quando tiverem tudo oficializado.

Uma questão está perto de ser resolvida: a comissão técnica. Torrent trará ao Brasil três profissionais para o acompanhar: o auxiliar Jordi Guerrero, o analista Jordi Gris e mais um preparador físico, que ainda não foi definido.

O departamento de futebol conversa com Torrent também a possibilidade de manter Maurício Souza, o Mauricinho, na comissão técnica. O Flamengo não quer repetir o cenário que aconteceu com Jorge Jesus, quando nenhum de seus profissionais permanentes acompanhou o dia a dia do português.

Na preparação física, há também a possibilidade de o preparador físico Roberto Júnior, o Betinho, ser efetivado como número 1 caso Torrent não defina um nome para o cargo. Ele é quem mais esteve próximo dos portugueses na passagem vitoriosa e recebeu elogios rasgados de Mário Monteiro antes de seguir para o Benfica.

Os nomes escolhidos

Jordi Guerrero é uma novidade no grupo. Ele não trabalhou com Domènec Torrent no New York City FC, o último trabalho do catalão como treinador. Guerrero tornou-se conhecido como auxiliar de Pablo Machín em clubes como Girona, Espanyol e Sevilla. Ele era o responsável por trabalhar as bolas paradas com o treinador.

Jordi Gris, sim, esteve com Torrent no New York, após passagem pela Índia. Ele foi olheiro das categorias de base do Barcelona e também fez parte da comissão técnica de Pep Guardiola no Barcelona B. Ele sabe falar português, o que seria de grande ajuda no processo de adaptação de Torrent no Brasil.


Deixe uma resposta