CRB empata com o Cruzeiro e avança à quarta fase da Copa do Brasil

CRB x Cruzeiro, Copa do Brasil (Foto: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas)

O CRB está garantido na quarta fase da Copa do Brasil. Depois de vencer o Cruzeiro na ida por 2 a 0, no Mineirão, assegurou a classificação com empate por 1 a 1, na tarde desta quarta-feira, no estádio Rei Pelé, em Alagoas. O Cruzeiro abriu o placar no primeiro tempo, deu indícios de que esquentaria o jogo, mas o time da casa tratou de jogar uma ducha de água fria no ímpeto celeste com o artilheiro Léo Gamalho, no início da segunda etapa. O adversário da próxima fase será definido por sorteio.

Primeiro tempo

Até pela situação do jogo de ida, o Cruzeiro ficava mais com a bola, enquanto o CRB se defendia. A primeira chance de perigo foi da Raposa, com Roberson, que finalizou para fora após vacilo da zaga alagoana. Maurício e Thiago também levaram perigo. O CRB ficou aguardando os contra-ataques, mas sem sucesso. A primeira finalização foi somente aos 45 minutos, com Magno Cruz. Na jogada seguinte, o Cruzeiro abriu o placar. Giovanni se infiltrou na área pela esquerda, recebeu de Riquelmo e finalizou cruzado, sem chances para o goleiro. Igor ainda teve boa chance de empatar, aos 49, mas parou em Fábio.

Reclamação

Aos 20 minutos, os jogadores do Cruzeiro reclamaram de forma veemente da arbitragem, após lançamento de Ariel Cabral para Maurício, que caiu depois de dividir a bola com o lateral Lucas Mendes e o goleiro Victor Souza. Na Central do Apito, Márcio Rezende Freitas analisou o lance e considerou que o árbitro errou ao não marcar a penalidade. Na opinião do comentarista, o goleiro do CRB acertou a perna esquerda de Maurício.

Segundo tempo

Se no primeiro tempo o contra-ataque alagoano não funcionou, no segundo, logo de cara, deu resultado. Magno Cruz escapou pela direita, e Léo Gamalho contou com escorregão de Léo para empatar: 1 a 1. O Cruzeiro teve dificuldades para criar, mas assustou em duas finalizações de Airton e uma de Thiago. O CRB controlou bem as subidas do Cruzeiro, conseguiu manter boa posse de bola e garantiu, com tranquilidade, sua classificação.

Preocupação e jogo paralisado

Logo nos primeiros lances da segunda etapa, uma preocupação muito grande com Igor, do CRB, que ficou desacordado após choque de cabeça com o volante Jadsom. Ele bateu a cabeça nas costas do volante cruzeirense, caiu ainda acordado, levando a mão ao rosto, mas logo ficou imóvel no gramado. O lateral foi atendido pelos médicos dos dois clubes e precisou ser imobilizado e retirado de campo por uma ambulância. Hugo entrou no lugar dele. A partida ficou paralisada por 16 minutos, até a chegada de uma nova ambulância. Segundo irformações passadas pelo clube, Igor estava consciente no hospital e aguardando por exames.

Reforço no caixa

Além de avançar na competição, o CRB garantiu também um reforço no caixa. Sempre muito bem-vindo, ainda mais nesse tempo de pandemia. Com a classificação, a equipe alagoana receberá R$ 2 milhões.

Agenda

O foco de CRB e Cruzeiro, agora, volta a ser a disputa da Série B. Ambos têm clássico no final de semana, pela 6ª rodada. No sábado, o Cruzeiro é mandante contra o América-MG, no Mineirão, às 19h. No mesmo horário, mas no domingo, o CRB é visitante no Rei Pelé, contra o CSA.


Deixe uma resposta