Contra a líder Chape, CSA perde invencibilidade de seis jogos no Rei Pelé

Foto: AILTON CRUZ

O CSA bateu numa parede nesta terça. Tentou por cima, por baixo, mas não passou pela fortíssima marcação da Chapecoense e perdeu por 1 a 0. Não é à toa que o time lidera a Série B e sofreu apenas cinco gols em 21 jogos.

O Azulão é apenas mais uma vítima. Nesta terça, teve apenas duas chances em todo jogo, em chutes de longe de Rodrigo Pimpão e Rafinha.

Bem organizada, a Chape foi letal no segundo tempo, marcou com Anselmo Ramon e acabou com invencibilidade de seis jogos do time alagoano no Rei Pelé. Era uma sequência de seis vitórias.

O CSA também ficou com 28 pontos e está cada vez mais longe do G-4. Continua em oitavo, mas pode ser ultrapassado até o fechamento da 21ª rodada. A vitória contra a líder era muito importante para tentar a recuperação no campeonato, mas não deu.

O CSA para um pouco e só volta a jogar no dia 20 de novembro, fora de casa, contra o Cuiabá.

Após o jogo, o lateral falou sobre a derrota com o repórter Ricardo Amaral, do Premiere.

– Eu acho que a nossa equipe vinha numa sequência muito boa em casa, sabíamos que o time deles é forte no contra-ataque, eles aproveitaram a chance, marcaram e agora é levantar a cabeça para sequência do campeonato, que é muito longo – analisou o lateral do CSA.


Deixe uma resposta