Com leitos para Covid-19 lotados, hospitais particulares de Maceió restringem atendimento

Foto: Harvard University

Hospitais particulares de Maceió sentem os reflexos do aumento de casos do novo coronavírus e já registram lotação de leitos destinados a pacientes com Covid-19. Com isso, algumas unidades de saúde estão com atendimento restrito nesta terça-feira (2).

O Hospital Memorial Arthur Ramos emitiu nota informando que a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e os leitos para pacientes de Covid-19 estão com 100% de ocupação (leia a nota na íntegra ao final do texto). O atendimento dos pacientes com sintomas da doença continua, principalmente se for criança ou idoso, mas se houver necessidade de internação ou de leito de UTI, o hospital não dispõe no momento.

O Hospital do Coração informou que 90% dos leitos de UTI estão ocupados e atingiu a capacidade máxima de internação nos apartamentos. Apenas cirurgias de urgência estão sendo realizadas, ficando suspensas as cirurgias eletivas.

O diretor médico da Santa Casa de Misericórdia de Maceió, Arthur Gomes, informou que o hospital também está com taxa alta de ocupação e foi preciso suspender o atendimento para pacientes da saúde suplementar, que são os provenientes de convênios e particulares.

Nota Oficial Hospital Memorial Arthur Ramos (HMAR)

O Hospital Memorial Arthur Ramos (HMAR) vem a público registrar que a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e os leitos de internação destinados aos pacientes de COVID-19 estão com 100% de ocupação.

Os recursos disponíveis atualmente são suficientes apenas para garantir a assistência aos pacientes já internados, mas não para garantir a assistência a novos pacientes de COVID-19 que demandem internação, seja em UTI ou apartamento.

Tão logo superemos esse período agudo, o HMAR retornará à sua normalidade e capacidade de atendimento. As informações serão atualizadas em nossos meios institucionais a cada nova mudança de cenário, reforçando o nosso compromisso com a população alagoana.

Certos da sua compreensão.

Ocupação na rede pública de saúde

O mais recente boletim de leitos na rede pública de saúde, divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), mostra que Maceió tem 66% de ocupação dos leitos de UTI. Considerando também os leitos clínicos, a taxa de ocupação fica em 60%.

Dos 287 leitos disponíveis pelo SUS na capital, 159 são leitos de UTI.


Deixe uma resposta