Com gol irregular, Juventude vence o CRB no Rei Pelé

Com gol irregular, Juventude vence o CRB no Rei Pelé

O Juventude jogou com o CRB três dias depois de enfrentar o Grêmio e se deu bem no Rei Pelé, em Maceió. Pela Série B, Tarta marcou no segundo tempo e decidiu a partida deste domingo em 1 a 0. O detalhe é que ele estava em posição de impedimento no lance, mas o assistente não viu. A vitória mantém o time gaúcho no G-4, agora com 34 pontos.

O gol de Tarta foi analisado por Sálvio Spínola, na Central do Apito. O comentarista da Globo disse que o lance foi irregular. “Na hora em que o Tarta é lançado, está em posição de impedimento. O que vale não é a hora que domina, mas na saída da jogada”, comentou Spínola.

O Juventude manteve a posição em que iniciou a 20ª rodada. É o quarto colocado da Série B, agora com 34 pontos. O CRB continua com 26 e está na 10ª colocação, muito longe do G-4.

Nas últmas cinco partidas pela Série B, o Juventude venceu três e empatou duas. Boa sequência no Brasileiro colocou o time no G-4. Breno Lopes, com nove gols, é o vice-artilheiro da competição.

O CRB volta a jogar pelo Brasileiro na próxima sexta, às 19h15. Enfrenta o Oeste, fora de casa, na Arena Barueri. O Juventude recebe o Sampaio Corrêa no sábado, às 19h, no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul.

O auxiliar Gabriel Cabo comandou o time do CRB neste domingo porque o pai, Marcelo Cabo, está com Covid. O técnico também acertou a saída do time alagoano. Vai treinar o Atlético-GO na Série A. Ramon Menezes, ex-Vasco, negocia com a diretoria e pode ser o próximo treinador do Galo.

Primeiro tempo

Atacante do CRB, Robinho teve duas boas chances antes dos dez minutos. Na primeira, errou feio a finalização. Na segunda, sozinho, parou no goleiro do Juventude.

O time gaúcho respondeu com um chute venenoso de Igor. Aos 22, Robinho marcou para o CRB, aproveitando rebote, mas o gol foi anulado porque Daniel Amorim, um pouco antes, estava impedido.

Aos 41, Diego Torres achou o lateral Reginaldo livre. O lateral do CRB cruzou da direita, Robinho furou e Luidy finalizou: Carné fez boa defesa. Na sequência, após cobrança de escanteio, Nery Bareiro cabeceou e Igor Cariús salvou o CRB em cima da linha.

Segundo tempo

O Juventude se soltou mais na etapa final. Ficou mais com a bola no campo ofensivo, segurou o CRB, mas criou pouco

O Galo, incisivo no primeiro tempo, sentiu o desgaste, até por causa do surto de Covid no elenco. Aos 24, Tarta recebeu entre os zagueiros de Gustavo Bochecha e abriu o placar para o Ju. Estava impedido, mas o bandeira não viu e o lance foi validado.

Sem força ofensiva, o CRB criou apenas uma oportunidade na etapa final, num chute de longe do argentino Diego Torres. Carné espalmou.


Deixe uma resposta