Campanha Maio Amarelo muda formato para conscientizar motoristas e população sobre a Covid-19

Campanha Maio Amarelo muda formato para conscientizar motoristas e população sobre a Covid-19 – Foto: Cortesia / Detran AL

Maio é o mês escolhido para pôr em pauta a conscientização para a segurança no trânsito. O Maio Amarelo é um movimento internacional que tembh como objetivo criar ações que contribuam para a educação viária, chamando a atenção da sociedade para os altos índices de acidentes, mortes e feridos.

Neste ano, de modo a evitar aglomeração de pessoas e respeitar o isolamento social, atendendo às orientações do Ministério da Saúde referentes ao combate da pandemia do novo coronavírus, o DENATRAN, Departamento Nacional de Trânsito, decidiu focar a campanha nos meios digitais, aliando o incentivo aos cuidados no trânsito às medidas preventivas à transmissão da Covid-19, com o tema “Perceba o risco. Proteja a vida”.

Capitão Cícero Emanuel da Silva Costa, do Departamento Estadual de Trânsito de Alagoas (Detran/AL), falou em entrevista sobre a importância da campanha digital promovida pelo órgão nas redes sociais, com informações e lives voltadas para temas como direção defensiva, higienização do veículo, orientações para pessoas que tem como ambiente de trabalho o trânsito, Operação Lei Seca e fiscalização.

“É essencial fazer com que as pessoas tenham uma percepção dos riscos que o trânsito oferece”, destacou o capitão.

Campanha Maio Amarelo muda formato para conscientizar motoristas e população sobre a Covid-19 – Foto: Cortesia / Detran AL

Emanuel salientou também que, além da campanha digital, o Detran está realizando ações em todos os bairros da capital para o cumprimento ao decreto governamental que trata das medidas para enfrentamento da emergência de saúde pública: “Nós estamos circulando e abordando as pessoas, pedindo que coloquem as máscaras. Se no ônibus houver um usuário em pé ou sem máscara, nós pedimos que desça. Caso ele não tenha, nós doamos uma para que possa continuar a viagem”.

Segundo o capitão, 96% dos acidentes são evitáveis; logo, as mortes também são. É por causa da banalização das mortes e dos acidentes no trânsito, que a campanha do Maio Amarelo se torna tão importante, e dentro de um contexto de pandemia, na qual o ar se tornou um vetor de transmissão, a conscientização da população acerca dos comportamentos adequados no espaço público é necessária.

“Muito se tem falado sobre o ‘novo normal’. A população tende a ficar mais consciente. Então, esperamos, e pessoalmente acredito, que vamos ter um novo normal no trânsito – um trânsito mais coerente, mais tranquilo, mais consciente e mais tolerante. É o que de fato nós precisamos”, concluiu.


Deixe uma resposta