Cachorro tem os dois olhos arrancados em Major Izidoro e população se revolta.

Foto: Adriana Santos

A Comissão do Bem-Estar Animal da Ordem dos Advogados do Brasil seccional Alagoas (OAB/AL) recebeu uma denúncia de maus-tratos e crueldade praticada contra um cachorro, no município de Major Izidoro, Sertão alagoano. O animal teve os olhos arrancados.

Em entrevista à TV Pajuçara, nesta sexta-feira (6), a presidente da Comissão da OAB, a advogada Rosana Jambo disse que medidas já estão sendo tomadas para que suspeito da crueldade seja localizado e punido. A entidade também busca voluntários para cuidar do animal.

O Ministério Público e a Polícia Civil devem investigar o caso e o agressor, que até o momento não foi identificado, deve responder pelo crime de maus-tratos, cuja pena é de dois a cinco anos de reclusão, além de multa e proibição da guarda.

Segundo Jambo, o cãozinho foi deixado no Loteamento Terra do Leite e uma mulher está cuidado dele provisoriamente. A advogada também ressaltou que o animal precisa de tratamento, pois sente muita dor e necessita de atendimento veterinário.

Quer fazer denúncia sobre o crime ou ajudar para o animal pode entrar em contato com a OAB nos números, por meio dos telefones (82) 3023 7200 e (82) 99660-0303.


Deixe uma resposta