Briga entre primos quase termina em tragédia na zona rural de Palmeira dos Índios.

Senhor Rosival durante entrevista ao repórter Niraldo Correia – Foto: Rádio Sampaio

Um casal procurou a 5ª Delegacia Regional de Polícia de Palmeira dos Índios para denunciar uma confusão que quase terminou em morte no Sítio Lagoa Funda, na zona rural de Palmeira dos Índios.

Segundo a dona Dionisia, o seu filho Roberval saiu de casa no domingo (28) para fazer um trabalho, ao passar na frente da casa de parentes foi chamado por sua tia, que tem problemas de saúde e não conseguia abrir o portão, neste momento o jovem pulou o muro da casa para atender ao chamado da tia.

Um primo de Roberval, identificado como Gabriel, viu ele pulando o muro, não gostou desta atitude e teria iniciado uma discussão. Os primos já teriam discutiram varias vezes e não se falam a algum tempo.

Ainda segundo Dionisia, seu filho saiu da casa para evitar mais confusão e foi trabalhar, algum tempo depois Gabriel teria invadido sua propriedade para tirar satisfação e teria agredido o seu tio Rosival, esposo de Dionisia, com uma pedrada. Gabriel estaria armado com um facão e teria desferido um golpe na filha de Dionisia, que sofreu um corte na perna.

Versão de Gabriel

O repórter Niraldo Correia, da Rádio Sampaio 94.5 FM, procurou o Gabriel Gonzaga para saber sua versão do ocorrido.

Segundo Gabriel, ele só reclamou do motivo do primo pular o muro, neste momento Roberval teria começado a debochar e provocar ele. Gabriel informou também que Roberval pegou um machado e por isso ele se armou com um facão.

Ainda de acordo com Gabriel, ele pulou o muro da casa dos tios para tirar satisfação do ocorrido e eles teriam se armado com paus e pedras. O acusado não nega ter jogado uma pedra no seu tio Rosival, mas afirma que foi em legitima defesa.

Dona Irandi, mãe de Gabriel e irmã de Rosival, confirma a versão do filho e diz que irá prestar queixa contra seu irmão e seu sobrinho. Ainda segundo ela, toda essa discussão é fruto de herança e tudo teria começado após ela receber um terreno de sua mãe.


Deixe uma resposta