Bombeiros registraram mais de 500 casos de queimadas de janeiro a novembro em Alagoas

Bombeiros registraram mais de 500 casos de queimadas de janeiro a novembro em Alagoas

De janeiro até dezembro de 2020, o Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL) registrou 821 ocorrências de queimadas no Estado. Em 2020, as ocorrências desse período registraram 42% do total. Já em 2021, de janeiro a março, essas ocorrências são 69% do total, até o momento.

Nessa terça-feira (09), a fumaça decorrente de fogo em vegetação provocou um engavetamento envolvendo oito veículos entre a Barra de São Miguel e São Miguel dos Campos. Pelo menos sete pessoas ficaram feridas.

Dentro desses números, a região metropolitana lidera com 412 ocorrências, seguida de Arapiraca com 162, Maragogi (81), União dos Palmares (61), Penedo (58) e Santana do Ipanema com (47).

Em 2021, durante 1º de janeiro a novembro, já foram registrados 526 ocorrências de incêndio na região metropolitana de Maceió e outros cinco municípios, segundo dados do CBMAL. Diante de tantos incêndios, seria comum a expectativa por um número razoável de investigações sobre os possíveis culpados e causas.

Sendo a região metropolitana líder em ocorrências com 184, seguido de Arapiraca (176), Santana do Ipanema (54), Penedo (45), Maragogi (42) e União dos Palmares com (25).

Nos registros desse biênio do CBMAL, mostram que as queimadas no Estado se intensificam a partir da última semana do mês de outubro e se estende até março do ano seguinte, devido a aproximação e a chegada do verão.

 

Por: Cada Minuto


Deixe uma resposta