Auxílio Emergencial: Não atualizei meus dados no Caixa Tem, e agora?

Auxílio Emergencial: Não atualizei meus dados no Caixa Tem, e agora?

A notícia da atualização do Caixa Tem tem deixado muitos usuários preocupados e aflitos, especialmente aqueles que dependem do aplicativo para receber os benefícios sociais do governo federal. E a principal questão é se há risco dessas pessoas ficarem sem receber o novo auxílio emergencial.

Segundo a Caixa, a atualização é apenas para reforçar a segurança dos próprios clientes e tentar diminuir o número de fraudes envolvendo o aplicativo. Mas os dados solicitados indicam que o banco também irá utilizar a atualização para oferecer serviços futuros, como empréstimos, financiamentos e demais produtos.

O banco já informou que a atualização não é obrigatória, e que o usuário que não conseguir fazer a atualização do cadastro do aplicativo, vai continuar a usar o Caixa Tem da mesma maneira, e também não deixará de receber os benefícios sociais a que tiver direito.

“Não é obrigatório, mas é desejável, para a segurança do próprio cliente Caixa”, reforçou a assessoria de comunicação do banco. No entanto, a medida provisória, que deve definir as regras para o recebimento de um novo auxílio emergencial, ainda não foi divulgada, sendo esperada para esta semana.

O que se sabe até o momento é que existe uma previsão, de acordo com o Ministério da Economia (ME), de que os valores da nova rodada sejam entre R$ 150 e R$ 375, com uma média de R$ 250. De acordo com  o ministro Paulo Guedes, a distribuição será da seguinte forma:

Auxílio Emergencial de R$ 150

O valor de R$ 150 é o menor valor que será pago às famílias na nova prorrogação do auxílio emergencial. Receberão este valor, as famílias compostas por apenas um único membro;

Auxílio Emergencial de R$ 250

O valor de R$ 250 é o valor mais comum que será pago para a grande maioria dos beneficiários do auxílio emergencial. Isto porque o valor é destinado para as famílias que possuam dois ou mais membros;

Auxílio Emergencial de R$ 375

O valor de R$ 375 é o maior valor pago na nova prorrogação do auxílio emergencial, e será destinado às famílias em que as mães são chefes de lar. Diferente do ano passado, onde as mães recebiam o benefício dobrado, este ano o valor recebido será 50% maior do que o valor médio, que será pago de R$ 250.

Confira cronograma de atualização do Caixa Tem:

  • Nascidos em janeiro – atualização dia 14

  • Nascidos em fevereiro – atualização dia 16

  • Nascidos em março – atualização dia 18

  • Nascidos em abril– atualização dia 20

  • Nascidos em maio – atualização dia 22

  • Nascidos em junho – atualização dia 23

  • Nascidos em julho – atualização dia 24

  • Nascidos em agosto – atualização dia 25

  • Nascidos em setembro– atualização dia 26

  • Nascidos em outubro – atualização dia 29

  • Nascidos em novembro – atualização dia 30

  • Nascidos em dezembro – atualização dia 31

Acompanhe o passo a passo para atualizar o aplicativo

1) Abra o aplicativo Caixa Tem;

2) Clique em “Atualize seu Cadastro”;

3) Depois, clique em “Próximo”;

4) Leia as condições, clique no quadradinho informando que concorda com os termos e depois clique em “Quero ser um Cliente Top”;

5) Separe seus documentos pessoais e clique em “Entendi, vamos começar”;

6) Confira seu endereço;

7) Complemente as informações solicitadas e clique em “Próximo”;

8) Responda se é brasileiro ou não e aperte “Próximo”;

9) A seguir, o aplicativo irá solicitar os dados de renda e patrimônio. Clique em “Entendi, vamos lá”;

10) Responda às perguntas sobre sua fonte de renda;

11) Informe o valor da renda mensal;

12) Informe há quanto tempo tem essa renda;

13) Informe sua profissão;

14) Informe se você possui patrimônio (casa, carro, conta em banco, algum bem em seu nome);

15) Forneça o valor aproximado do seu patrimônio;

16) Confira se os dados fornecidos estão corretos;

17) Separe seu documento de identificação (documento oficial como foto, como RG ou carteira de habilitação, por exemplo);

18) Leia as dicas para enviar as fotos (documento deve aparecer por inteiro na foto, dados devem estar legíveis, foto deve ser tirada em local bem iluminado e flash da câmera deve estar desligado);

19) Tire a foto da frente do documento com a câmera do seu celular;

20) Depois, clique em “Usar foto”;

21) Confira se a foto segue as orientações, como está de frente e com os dados pessoais legíveis, e clique em “Sim, tudo certo”;

22) Tire, a seguir, uma foto do seu rosto junto com o documento que enviou anteriormente;

23) Confira as instruções para tirar a selfie com o documento (não use óculos ou chapéus, segure o documento ao lado do rosto e tome cuidado para não tampar o seu rosto com o documento);

24) Clique em “tirar foto”. Depois, clique em “usar foto” (conforme o passo 20);

25) Confira se a foto da selfie está boa (se o rosto aparece na foto e se é possível ver toda a frente do documento), e clique em “Sim, tudo certo”;

26) Confira se as fotos foram recebidas com sucesso e clique em “Continuar”;

27) Finalize a atualização do cadastro clicando em “Entendi”;

28) A partir de agora, basta aguardar a Caixa analisar as informações enviadas. O banco informa que, quando a análise for concluída, o usuário receberá uma notificação pelo próprio Caixa Tem. Não é necessário comparecer à agência.


Deixe uma resposta