Após denúncia, polícia encerra festa clandestina com mais de 140 pessoas em chácara em Arapiraca

Polícia encerrou festa clandestina em Arapiraca — Foto: 3º BPM

A Polícia Militar acabou com uma festa clandestina com mais de 140 pessoas na noite deste domingo (23) em uma chácara em Arapiraca, Agreste de Alagoas. Duas pessoas foram presas. Eventos que promovam aglomerações estão proibidos no estado por causa da pandemia do coronavírus.

Segundo policiais do 3º Batalhão de Polícia Militar (3°BPM), os participantes estavam no local sem máscara de proteção, cujo o uso é obrigatório por lei como medida de prevenção para evitar a disseminação do vírus.

A polícia informou que houve tumulto e foi necessário fazer disparos de bala de borracha para conter a confusão.

O organizador da festa disse aos policias que tinha autorização legal para realizar o evento e que a reunião era para comemorar o aniversário de sua filha. De acordo com os militares, o homem estava exaltado e precisou ser algemado.

Além dele, um jovem de 20 anos, responsável pelo paredão, foi preso por desacato.

Os dois homens foram levados para a Central de Polícia e vão responder por descumprimento de medida sanitária e desobediência.


Deixe uma resposta