Após 70 dias de greve, professores universitários começam a retomar as atividades acadêmicas

Por: Rádio Sampaio com Agência Brasil
 / Publicado em 26/06/2024

Fachada da Escola Paulista de Medicina da Unifesp durante greve nacional por reajuste salarial — Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

A partir desta quarta-feira (26), professores de universidades e de institutos federais começam a retomar as atividades acadêmicas, paralisadas pela greve desde abril. De acordo com o Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes-SN), as atividades acadêmicas serão normalizadas até o dia 3 de julho.

Atendendo o pedido da Federação de Sindicatos de Trabalhadores Técnico-Administrativos em Instituições de Ensino Superior Públicas (Fasubra), a assinatura do acordo de fim do movimento, que estava marcada para hoje, foi adiada para amanhã (27). A solicitação busca dar tempo para a realização da assembleia que deverá confirmar a saída dos técnicos administrativos da greve.

“O governo apresentou uma proposta de reposição salarial de 9% a partir de janeiro de 2026, e de 3,5% a partir de abril de 2026, além da reposição dos níveis da carreira. Além desses pontos, temos outros ganhos que são resultados dessa greve. São pontos que dizem respeito à reestruturação da carreira, a direito dos aposentados, a direito de progressão e promoção docente”, disse a presidente da Associação dos docentes da Universidade de Brasília (Adunb), Eliene Novaes.

Deixe uma resposta

Contato

Rua José e Maria Passos, nº 25
Centro - Palmeira dos Índios - AL.
(82) 99641-3231
TELEFONE FIXO - ESTUDIO:
(82)-3421-4842
SETOR FINANCEIRO: (82) 3421-2289 / 99636-5351
(Flávia Angélica)
COMERCIAL: 
(82) 99344-9999
(Dalmo Gonzaga)
O melhor conteúdo. Todos os direitos reservados. Segurança e privacidade
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram