Alagoas vai receber 37,4 mil novas doses de vacina contra a Covid-19

Alagoas vai receber 37,4 mil novas doses de vacina contra a Covid-19

Alagoas vai receber 37,4 mil novas doses de vacinas contra a Covid-19. A Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) disse nesta quarta-feira (24) que ainda não há data exata para que o Ministério da Saúde envie o imunizante, mas que isso deve acontecer até o final de fevereiro.

Serão 24 mil doses da Oxford/AstraZeneca e 13,4 mil doses da CoronaVac. A informação consta em documentos obtidos pela reportagem da TV Globo. O Brasil recebeu 3,2 milhões de doses na terça-feira (23).

A Sesau antecipou que profissionais de saúde e idosos continuam sendo prioridade. Pessoas com 80, 81 e 82 anos devem entrar pela primeira vez no cronograma de vacinação em Alagoas.

No documento obtido pela reportagem, consta a distribuição por público de cada tipo de vacina. As doses da CoronaVac devem ser utilizadas para imunizar 6.360 idosos com idade entre 80 e 84 anos. Já as da Astrazeneca servirão para imunizar 7.747 trabalhadores da saúde e 15.122 idosos com idade entre 85 e 89 anos.

De acordo com o último levantamento do governo do estado, 90.303 alagoanos já receberam a primeira dose da vacina contra a Covid-19, entre profissionais da saúde, indígenas e idosos com mais de 83 anos. O Estado deu início à aplicação da segunda dose do imunizante no último dia 10.

Vacinação em Maceió

Mesmo sem definição da quantidade de doses e da data que elas serão enviadas aos municípios, o prefeito de Maceió, JHC (PSB), anunciou na terça (23) uma nova etapa da vacinação na capital.

Após a vacinação dos profissionais de saúde que atuam na linha de frente de combate à pandemia e também de idosos com mais de 83 anos, o Município começou a utilizar as 3.960 doses restantes em profissionais que não atuam diretamente na linha de frente.

Nos próximos dias 25 e 26, serão imunizados os trabalhadores do Serviço de Atendimento Domiciliar (SAD). No dia 01 de março será a vez dos profissionais dos 4º, 6º e 7º Distritos Sanitários, dos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) e dos módulos odontológicos do município.

Na segunda (22), começaram a ser imunizados os profissionais nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) dos 1º, 2º, 3º, 5º e 8º Distritos Sanitários.


Deixe uma resposta