Alagoas inicia distribuição de doses da Coronavac para vacinar idosos de 83 e 84 anos

Alagoas inicia distribuição de doses da Coronavac para vacinar idosos de 83 e 84 anos

O Governo de Alagoas anunciou nesta segunda-feira (8) que com a chegada da terceira remessa da vacina Coronavac, contra a Covid-19, idosos de 83 e 84 anos serão imunizados e trabalhadores da saúde continuarão a receber a vacinação. O novo lote da vacina chinesa enviado para Alagoas tem 34.800 doses, destas, 16.500 serão enviadas aos municípios e correspondem à primeira aplicação do imunizante.

De acordo com uma estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 11.535 idosos estão situados nesta faixa etária nos municípios alagoanos. Ao levar este dado em consideração, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) já colocou o quantitativo de 12.520 doses da vacina à disposição das Secretarias Municipais de Saúde para darem início à imunização dos idosos de 83 e 84 anos.

Em relação aos trabalhadores da saúde, a quantidade de doses disponível para dar seguimento à imunização desse grupo é 3.980.

As doses da vacina estão armazenadas nas duas Centrais Estaduais de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos, localizadas em Maceió e em Arapiraca. Desde esta segunda-feira (8), os municípios alagoanos que mantiveram contato com o Programa Nacional de Imunização em Alagoas, órgão ligado à Sesau, e agendaram as buscas dos imunizantes já estão recolhendo as doses para armazenar nas próprias cidades e seguir com o cronograma de vacinação.

De acordo com a nota informativa nº 06/2021 da Superintendência de Vigilância em Saúde da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), divulgada nesse domingo (7), da mesma forma que nas remessas anteriores da vacina Coronavac, apenas a primeira dose da vacina será disponibilizada para os 102 municípios alagoanos, com a segunda dose sendo mantida nas duas centrais de distribuição.

A Nota Informativa da Suvisa esclarece, ainda, que caso os municípios identifiquem que o total de idosos, na faixa etária priorizada atualmente, seja maior que o estimado, a Secretaria Municipal de Saúde deverá fazer um requerimento junto ao Programa Estadual de Imunizações solicitando as doses adicionais.

“Acrescentou-se ao total estimado de idosos [83 e 84 anos], margem de perda técnica de doses, na ordem de 5%, e a depender do total de doses encontrado, foi promovido ajustes, considerando que cada frasco de vacina contém 10 doses. É importante destacar que total de 900 doses fica sob responsabilidade do PNI-AL, para apoio nas situações relativas à possível subestimação”, complementa o superintendente de Vigilância em Saúde da Sesau, Hebert Charles Barros.

A logística de distribuição e estratégia junto aos municípios para a vacinação contra a Covid-19 é destacada pelo secretário de Estado da Saúde, Alexandre Ayres. Para ele, o trabalho integrado entre Estado e prefeituras faz com que a imunização da população, considerando os grupos prioritários, avance diariamente.

“Desde que Alagoas vem recebendo as doses das vacinas contra a Covid-19, não há demora em repassar os imunizantes para as cidades. Temos um excelente diálogo com os municípios, que são os responsáveis pela vacinação. Continuamos com todos os cuidados no recebimento das vacinas, segurança, armazenamento e envio aos municípios. Com estas novas doses, no total de 34.800, as prioridades não mudam. Trabalhadores da saúde e idosos continuam sendo vacinados”, disse o secretário Alexandre Ayres.


Deixe uma resposta