Alagoas fecha 7 mil vagas de emprego em abril, em meio à pandemia do coronavírus

Alagoas fecha 7 mil vagas de emprego em abril, em meio à pandemia do coronavírus

Alagoas teve 7.095 vagas de emprego com carteira assinada fechadas no mês de abril, em meio à pandemia do novo coronavírus. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta quarta-feira (27) pelo Ministério da Economia.

Esse saldo é a diferença entre o número de admissões (2.760) e o número de desligamentos (9.855) no estado. Em todo o Brasil, foi fechado 1,1 milhão de vagas de trabalho.

A informação reflete a situação da economia no primeiro mês completo sob as regras de distanciamento e isolamento social para evitar a propagação do vírus, quando diversas lojas e serviços considerados não essenciais estavam proibidos de funcionar por meio de decretos municipais e estadual.

Em relação ao mesmo período de 2019, a retração foi de 2,12%.

Os números do Caged também mostram a situação da economia de Alagoas desde janeiro deste ano. Nos primeiros quatro meses de 2020, foram fechadas 26.979 vagas de emprego, o 8º pior desempenho do país.

Foram 27.988 admissões com carteira assinada, mas 54.967 desligamentos. Uma retração de 7,6% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Por outro lado, o levantamento aponta que 61.695 empregos foram preservados entre abril e maio.


Deixe uma resposta