Alagoas confirma 1.007 novos casos e mais 22 mortes por Covid-19 nas últimas 24h

Alagoas confirma 1.007 novos casos e mais 22 mortes por Covid-19 nas últimas 24h

Alagoas registrou 1.007 novos casos e mais 22 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas. Os números foram divulgados no boletim epidemiológico deste sábado (20).

Desde o início da pandemia, o estado confirmou 146.396 casos e 3.316 óbitos causados pela doença.

O número de casos suspeitos chegou a 15.301. Entre as pessoas que tiveram a doença confirmada por teste, 138.193 estão recuperadas.

Das 22 mortes registradas, nove eram de pacientes que moravam em Maceió, sendo quatro homens e cinco mulheres. Treze pessoas eram do interior do estado.

Boletim de Leitos

O boletim de ocupação de leitos da sexta-feira (19) mostrou que 70% dos leitos exclusivos para Covid-19 estão ocupados. A taxa de ocupação de leitos de UTI é de 85%.

Mais 22 mortes por Covid-19

  • Maceió: mulher, 39 anos – sem comorbidade

  • Maceió: mulher, 48 anos – artrite reumatoide e insuficiência venosa

  • Maceió: mulher, 57 anos – hipertensa

  • Maceió: mulher, 72 anos – diabética

  • Maceió: mulher, 74 anos – doença cardiovascular

  • Maceió: homem, 63 anos – hipertenso

  • Maceió: homem, 70 anos – obeso

  • Maceió: homem, 77 anos – doença de Parkinson

  • Maceió: homem, 72 anos – hipertenso

  • Arapiraca: homem, 50 anos – doença cardíaca crônica

  • Rio Largo: homem, 57 anos – sem comorbidade

  • Limoeiro de Anadia: homem, 68 anos – sem comorbidade

  • Santana do Ipanema: homem, 77 anos – diabetes, doença cardiovascular

  • Olivença: homem, 82 anos – sem comorbidade

  • Major Izidoro: homem, 83 anos – hipertensão, diabetes

  • Rio Largo: mulher, 50 anos – doença cardiovascular

  • Santana do Ipanema: mulher, 50 anos – sem comorbidade

  • Arapiraca: mulher, 65 anos – hipertensão

  • Olivença: mulher, 71 anos – imunossuprimida

  • Arapiraca: mulher, 65 anos – hipertensão

  • Major Izidoro: mulher, 80 anos – diabética

  • Arapiraca: mulher, 80 anos – sem comorbidade


Deixe uma resposta