Advogado de Britney Spears entra com petição para ser o novo tutor da cantora

Advogado de Britney Spears entra com petição para ser o novo tutor da cantora

Samuel D. Ingham III, advogado de Britney Spears, está solicitando ao juiz que supervisiona a tutela da cantora que seu pai, Jamie Spears, seja removido do cargo de tutor e substituído por sua advogada Jodi Montgomery. O pedido foi aberto na Corte Superior de Los Angeles na noite de terça-feira (23).

Jamie Spears tem sido o tutor de Britney e suas propriedades desde 2008 e Montgomery é uma espécie de “tutora provisória”, desde que Spears teve problemas de saúde em setembro de 2019.

No processo obtido pela CNN, Ingham cita uma ordem registrada no dia 10 de outubro de 2014 que determinou que Britney Spears tinha uma “incapacidade de consentir com qualquer forma de tratamento médico sob as orientações do pai”. Esta seria a principal razão pela qual Montgomery deveria assumir a tutela completa.

A CNN entrou em contato com Ingham na quarta-feira (24), pedindo uma explicação sobre a cantora ser incapaz de tomar as próprias decisões médicas. Ingham afirmou que “não pode comentar um caso pendente”. Já a advogada de Jamie Spears, Vivian Lee Thoreen, “não fez comentários”.

O processo ainda pede que, além da responsabilidade pelas decisões médicas de Spears, Montgomery ainda seria capaz de “restringir e limitar os visitantes”, exceto o encontro com Ingham. Ele também pede que Montgomery seja capaz de “contratar seus zeladores” e “guardas de segurança”.

O pai da cantora foi nomeado tutor dos bens da filha ao lado do advogado Andrew Wallet pela primeira vez em 2008, após uma série de questões pessoais da cantora vieram à público. Durante a maior parte deste período, ele também supervisionou suas decisões médicas.

Em 2019, Andrew Wallet renunciou ao caso e Jamie Spears se tornou o único conservador de um patrimônio estimado em 60 milhões de dólares da cantora.

O primeiro pedido para remover oficialmente Jamie Spears do cargo de tutor de Britney foi em agosto do ano passado. Em novembro, o juiz determinou que Spears continuasse como co-conservador da propriedade, mas nomeou Bessemer Trust, empresa de administração de patrimônio, como co-conservadora.

A CNN entrou em contato com a Bessemer Trust para comentar o caso, mas ainda não obteve resposta.

Jamie Spears disse à CNN em dezembro que não falou com sua filha desde o arquivamento do caso de Ingham no ano passado. “Eu amo minha filha e sinto muito sua falta “, disse na época.

“Quando um membro da família precisa de cuidados especiais e proteção, as famílias precisam se juntar, como tenho feito nos últimos 12 anos. Faço para guardar, proteger e continuar amando Britney incondicionalmente. Tenho um amor inabalável e uma proteção feroz contra aqueles com interesses egoístas e aqueles que procuram prejudicar a ela ou minha família”, completou. No mês passado, Thoreen disse à CNN que Jamie Spears deseja que a tutela chegue ao fim.

“[Jamie] adoraria ver que Britney não precisa mais de nenhum tipo de tutela”, disse a advogada de Jamie Spears. “Se haverá ou não um fim para a tutela, depende de Britney. Se ela quiser acabar com sua tutela, ela pode entrar com uma petição pedindo para acabar.”

O interesse pela tutela da cantora aumentou depois do lançamento do documentário do New York Times ‘Framing Britney Spears’, que estreou em fevereiro. Celebridades e apoiadores têm defendido Spears nas redes sociais com a hashtag #FreeBritney.

A CNN noticiou no mês passado que Britney Spears passou a quarentena com seu pai, mãe e irmãos na casa da família em Louisiana no início da pandemia. A CNN obteve vídeos da família durante as duas semanas que passaram juntos. Neles, a cantora é vista andando de bicicleta e brincando no quintal ao lado de seu pai, sua mãe Lynne Spears, sua irmã Jamie Lynn Spears e suas sobrinhas.

Nos documentos judiciais obtidos pela CNN em dezembro, Ingham disse que Britney não se apresentaria novamente enquanto seu pai permanecesse no controle de sua fortuna.

Embora Britney não tenha comentado publicamente sobre a batalha pela tutela, ela respondeu às especulações recentes sobre alguma apresentação futura.

“Sempre adorarei estar no palco”, ela escreveu no Instagram em fevereiro. “Mas estou dedicando um tempo para aprender e ser uma pessoa normal … Adoro simplesmente aproveitar o básico da vida cotidiana! Cada pessoa tem sua história e sua opinião sobre as histórias de outras pessoas! Nós todos temos tantas vidas diferentes e lindas. Lembre-se: não importa o que pensemos que sabemos sobre a vida de uma pessoa, não é nada em comparação com a pessoa real que vive atrás das lentes.”

A próxima audiência sobre a tutela está marcada para 27 de abril.


Deixe uma resposta