CSA vence o Avaí em confronto direto contra o rebaixamento

Argel Fucks, técnico do CSA
Argel Fucks, técnico do CSA (Foto: Denison Roma/GloboEsporte.com)

No confronto direto contra o rebaixamento, o CSA levou a melhor e venceu o Avaí na noite deste domingo, por 3 a 1, em Alagoas, em duelo válido pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. Ricardo Bueno, Jonatan Gómez e Apodi marcaram os gols do triunfo e que aumentaram a esperança da equipe de Argel Fucks na caminhada contra a queda à segunda divisão. No lado azurra, Jonathan deixou a sua marca, mas saiu de campo lamentando o resultado ruim para o time de Santa Catarina. O destaque da partida ficou por conta do pênalti polêmico anotado a favor da equipe da casa e que foi convertido.

Com o resultado em Alagoas, o CSA soma os três pontos, chega aos 22 e termina a rodada em 17º, a um ponto do Ceará, o primeiro time fora da zona de rebaixamento. Do outro lado, o Avaí mantém os 16 pontos e amarga a vice-lanterna do Brasileirão.

O pênalti anotado por Daronco a favor do CSA foi analisado pelo comentarista de arbitragem do Grupo Globo, Paulo César de Oliveira, durante a partida. Segundo ele, a penalidade não deveria ter sido marcada. – Tem contato nas costas, mas em velocidade normal. Eu não marcaria o pênalti. O contato não é suficiente para a queda do Bueno, que sente o contato (de Léo) e se joga no chão. Eu nãoi marcaria o pênalti – disse.

CSA x Avaí, no Rei Pelé
CSA x Avaí, no Rei Pelé (Foto: Denison Roma/GloboEsporte.com)

Na luta para fugir da zona de rebaixamento, o CSA tem feito o dever de casa sob o comando do técnico Argel Fucks. Dos últimos quatro compromissos como mandante, a equipe de Alagoas venceu três (Chapecoense, Ceará e Avaí) e empatou um (Cruzeiro). São oito pontos somados.

Os 45 minutos iniciais foram movimentados e com boas chances para as duas equipes. Apesar do Avaí assustar e levar perigo ao goleiro Jordi, foi o CSA que conseguiu balançar a rede. Aos 13, Bustamante cruzou da esquerda, e Ricardo Bueno apareceu no segundo poste para finalizar. O camisa 9 quase ampliou na sequência, mas Vladimir impediu o segundo. O arqueiro do Leão da Ilha também salvou aos 29, no chute de Jonathan Gomez. Após furada de Léo, a bola sobrou para o argentino, que encheu o pé. Vladimir fez uma grande defesa.

Atrás no marcador, o Avaí conseguiu empatar o jogo logo no início da etapa final. Aos dois minutos, Léo fez boa jogada na área, e a bola sobrou para o garoto Jonathan fuzilar. Ele não perdeu a oportunidade e correu para abraçar os companheiros. O alívio azurra não durou muito. Anderson Daronco marcou penalidade para o CSA após consulta ao VAR, e Jonatan Gomez colocou o time da casa novamente na frente. O Leão ficou perto de empatar novamente, mas acabou levando o terceiro já nos acréscimos. Apodi fechou o placar.

Na próxima rodada, a 24ª do Brasileirão, o CSA entra em campo na quarta-feira, às 19h15 (horário de Brasília), contra o Internacional, no Rei Pelé. No mesmo horário, mas no dia seguinte, o Avaí duela com o Vasco da Gama na Ressacada, em Florianópolis.

Formado nas categorias de base do Avaí, Jonathan vem aproveitando as chances dadas pelo técnico Alberto Valentim nas últimas rodadas da Série A. Em sete jogos com a camisa azul e branca, o jovem atacante marcou três gols e ajudou a equipe a somar sete pontos na tabela de classificação. Ele marcou os gols nas vitórias sobre Athletico e Atlético-MG e também no empate diante do CSA.

*     Com Globo Esporte

Deixe uma resposta