82 99641-3231 (pedido musical)

82 99947-6977 (jornalismo)

Palmeira dos Índios: Em menos de uma semana, várias pessoas são assaltadas em plena luz do dia

Os assaltos aconteceram no bairro Sabiá. Durante nossa entrevista uma jovem foi assaltada.

Ilustração

Cayo César

No inicio da tarde desta segunda-feira (08), moradores procuraram a redação do Portal Rádio Sampaio, para relatarem a onda de assaltos que está acontecendo no bairro Graciliano Ramos, popularmente conhecido como Recanto do Sabiá, em Palmeira dos Índios, agreste alagoano.

Os moradores relataram que em menos de uma semana foram quatro assaltos durante o dia, e esse número só não foi maior porque uma das vítimas conseguiu correr e se abrigar em um posto de gasolina nas proximidades. “Não tem como ir trabalhar! não tem como ir ao mercado! estamos presos dentro de casa, isso é um absurdo!” criticou dona Aparecida que mora no bairro há 6 anos.

Primeiro Caso

A vítima estava voltando do mercado que fica a poucos metros de sua residência, quando foi abordada por dois homens em uma moto, de modelo e placa não anotados, eles se aproximaram da moradora e anunciaram o assalto, subtraindo os documentos e celular da vítima. O fato aconteceu às 10 horas da manhã da última terça-feira (02).

Segundo Caso

Um estudante também foi vítima de assalto provavelmente pelo mesmo indivíduo em uma moto Honda/CG, preta, na tarde de quarta-feira (03). O jovem foi surpreendido pelo criminoso, obrigando o mesmo a entregar o celular e a carteira com documentos pessoais.

Terceiro Caso

O terceiro caso informado aconteceu no meio dia de sábado, quando uma senhora voltava do mercado e foi assaltada por um único homem em uma moto de placa e modelo não anotado. Ele levou o dinheiro que estava com a vítima.

Quarto Caso

O quarto caso aconteceu no final da tarde de sábado, quando uma jovem estava indo para sua residência quando foi aborda por um rapaz em uma  moto que anunciou o assalto e levou o celular da mesma.

Os moradores pedem mais segurança para a região que fica há 2 km do centro da cidade. “Não tem como viver assim, a violência está grande e ninguém faz nada. Tem medo até de ir comprar o pão para o jantar.” relatou uma das moradoras que preferiu o anonimato.

Questionados por nossa equipe se as vítimas teriam feito o Boletim de Ocorrência uma moradora disse que em alguns casos sim. “Chamamos a polícia, eles vieram, fizeram rondas e não acharam nada. Então fizemos o “B.O”.

Assalto durante a entrevista

Durante nossa entrevista nossa equipe foi informada que uma jovem tinha acabado de ter o celular levados pelos bandidos que estavam em uma moto, e não se intimidaram com a  movimentação no local.

Até o fechamento dessa matéria nenhum dos suspeitos foi identificado ou preso.


Vereador quer Delegacia Especializada de Defesa da Mulher em Palmeira dos Índios

Pedrinho Gaia, vereador de Palmeira dos Índios (Foto: assessoria/Câmara)

O Vereador Pedrinho Gaia (MDB) colocou em votação e teve aprovado na Câmara Municipal de Palmeira dos Índios uma indicação direcionada ao Secretário de Estado de Segurança Pública de Alagoas, onde o mesmo solicita a implantação da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher em Palmeira dos Índios.

 

Segundo o parlamentar municipal, os índices de ocorrências ligadas a violência contra a mulher são alarmantes e se faz necessário uma ação mais enérgica no sentido de coibir os casos  e punir os agressores. O objetivo da proposição também é instruir melhor as mulheres a cerca das ferramentas jurídicas de defesa e combate à violência doméstica.

 

A Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Palmeira dos Índios poderá atender situações que estão fora da Lei Maria da Penha, como casos de maus tratos, lesão corporal leve, briga de vizinhos ou entre mulheres e homens, sem vínculo afetivo.

 

“Outra medida que solicitamos que seja agregado a implantação da delegacia seria o encaminhamento das vítimas para os projetos sociais existentes a fim de proporcionar a autonomia e o amparo necessários para que elas não aceitem nenhum tipo de violência, seja psicológica, física, moral, patrimonial ou sexual”, comentou o vereador Pedrinho Gaia.

 

O legislador de Palmeira lembrou que o município de Palmeira dos Índios já dispõe da estrutura necessária que viabiliza o pleito, como por exemplo: a Delegacia Regional de Polícia Civil, 10º Batalhão de Polícia Militar, Hospital Regional, Conselho Comunitário de Segurança Pública, CREAS, CRAS.

 

Se houver o acolhimento da reivindicação pelo Secretaria de Estado de Segurança Pública o ideal é que a delegacia fosse integrada por uma delegada, escrivãs e investigadoras para atender à mulher agredida nos seus direitos mais elementares.


Passageiros denunciam aumento da passagem de moto taxi em Palmeira dos Índios

Passagem teria sido reajustada para R$ 5,00. SMTT nega aumento e pede que população denuncie quem cobrar valor a mais

Imagem: Ilustração

Cayo César

Na manhã desta quinta-feira (04), a equipe do Portal Rádio Sampaio recebeu algumas denúncias informando o aumento da passagem de moto-taxi em Palmeira dos Índios. A passagem que era no valor de R$ 4,00 teria sido reajustada para R$ 5,00 em todo o município.

“Fui para o comércio pela manhã e paguei quatro reais, quando voltei para casa o moto-taxi cobrou cinco reais, eu perguntei a ela o por que era esse valor, ele respondeu que teve aumento de inicio de ano.” disse a dona de casa Amparo Correia. Já outro passageiro informou que o mototaxista teria informado a ele do aumento “Peguei o moto-taxi quando ele passava na rua, fui até o hospital e dei dez reais, mesmo tendo troco ele só me deu cinco reais e disse que teve aumento na passagem.” afirmou Jonathan.

Uma das pessoas que entraram em contato com nossa equipe e pediu para não se identificar afirmou que se negou a pagar o “novo” valor da passagem. “Quando paguei os quatros reais o mototaxista disse que teve aumento e estava faltando um real, eu disse que não iria dá pois não sabia desse aumento, ele disse que tinha começado dia primeiro e logo todos os moto-taxi estaria cobrando o valor.”

A Redação do Portal Rádio Sampaio entrou em contato com a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT), que negou que teve algum aumento autorizado pelo órgão e pediu para que quem for cobrado algum valor acima do permitido procure a sede da SMTT com o número da placa e/ou do colete para realizar a denúncia.

 

 

 


Redes sociais


Whatsapp: 82 99641-3231

Contato


Rua José e Maria Passos, nº 25 - Centro - Palmeira dos Índios - AL.

Tel: (82) 99641-3231

© 2020 RÁDIO SAMPAIO - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Interactive MOnkey