Lula ao lado de Boulos. - (crédito: Ricardo Stuckert / PR)

O diretório paulista do MDB anunciou que vai acionar a Justiça Eleitoral contra o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o deputado federal Guilherme Boulos (Psol-SP) por propaganda eleitoral antecipada. Ambos participaram de evento organizado por centrais sindicais para celebrar o Dia do Trabalhador, na quarta-feira, dia 1º de maio.

Boulos é pré-candidato à prefeitura de São Paulo nas eleições deste ano, em outubro, assim como o atual prefeito, Ricardo Nunes (MDB). No ato, Lula pediu votos para o deputado e afirmou que Boulos está "disputando uma verdadeira guerra".

"A postura do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), é uma afronta à legislação eleitoral vigente. Face a isso, o diretório municipal do MDB de São Paulo tomará as medidas jurídicas cabíveis. Eleição não é guerra e a população paulistana não pode ser a vítima", disse em nota o presidente do MDB em São Paulo, Enrico Misasi.

Segundo o advogado Ricardo Vita Porto, que representa o diretório emedebista, a legenda vai buscar a aplicação de multa a Lula e a Boulos por propaganda antecipada, argumentando que houve pedido expresso de votos. A sigla pedirá ainda ao Ministério Público que apure os valores gastos com o evento, inclusive de dinheiro público, para verificar se houve abuso econômico e de autoridade.

Na nota, a legenda cita a possibilidade de inelegibilidade para Lula e cassação da candidatura de Boulos caso o abuso seja comprovado.

Foto: Reprodução

Os bastidores políticos seguem movimentados na cidade de Arapiraca, no Agreste do estado. Em encontro realizado na sede do diretório municipal do MDB, com a presença do presidente estadual Renan Calheiros, foram definidos nomes que irão concorrer as vagas na Câmara de vereadores.

O grupo tem cinco vereadores de mandato, quatro ex-vereadores e mais cinco integrantes do secretariado do prefeito Luciano Barbosa- que devem se desvincular dos seus cargos. São eles: Vyctor Ferro (executivo), Cida Bento (Imprev), Jaqueline Barbosa (saúde), Ênio Bolivar (ordem pública) e Katiane Duarte (SMTT).

Restam as últimas duas vagas para o fechamento oficial da chapa, o que deve ocorrer até a sexta-feira (05) - quando os ocupantes de cargos de confiança também deverão entregar as funções.

De acordo com os levantamentos feitos em Arapiraca, dos atuais 19 vereadores da cidade, 12 irão mudar de partido.

Apoio

Ainda nesse contexto político, o PP realizou seu encontro na terça-feira (2) e confirmou apoio a reeleição de Luciano Barbosa (MDB).  A legenda conta com 6 vereadores de mandato buscando a reeleição, entre os quais, o presidente da Câmara Municipal, vereador Sérgio do Sindicato.

Governador Paulo Dantas e Rafael Brito- Foto: Edvan Ferreira

O MDB entrou definitivamente na disputa eleitoral pela Prefeitura de Maceió. Na segunda-feira (25), o partido reuniu correligionários na Associação Comercial e anunciou os nomes do partido à futura disputa eleitoral na capital. Na ocasião, foi lançada a pré-candidatura do deputado federal Rafael Brito, à Prefeitura de Maceió. O MDB também foi apresentou a lista daqueles que vão concorrer à Câmara Municipal.

Durante sua fala, o pré-candidato citou o Cartão Escola 10, criado pelo governo do estado enquanto ele era secretário de Estado, como sendo um marco referencial em sua carreira pública, e prometeu, na campanha, apresentar ideias que unam a parte alta e a baixa de Maceió.

Estiveram presentes, entre outras lideranças politicas, o senador Renan Calheiros, presidente do diretório estadual do MDB; o governador Paulo Dantas; o ministro dos Transportes, Renan Filho; os deputados estaduais Dr. Wanderley, Cibele Moura e Alexandre Ayres

Davi Teófilo, à esquerda, durante a solenidade- Foto> Victor Fernando/Rádio Sampaio

 

O ex-vice-prefeito de Taquarana, Davi Teófilo, vai se filiar ao MDB. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (21) pelo deputado estadual Galba Novaes, durante a solenidade de entrega da pavimentação de 11 ruas, dentro do programa Minha Cidade Linda.

Davi Teófilo prestigiou o evento, ao lado do prefeito Geraldo Cícero, do vice Professor José Gilberto. Filho do ex-prefeito Alay Correia, o jovem Davi foi candidato a prefeito em 2020, quando enfrentou Geraldo Cícero.

Agora, com a proximidade da eleição 2024, o retorno de Davi Teófilo ao grupo de Geraldo Cícero movimenta a política de Taquarana.

Geraldo Cícero tem feito um trabalho bastante elogiado na cidade de Taquarana, inclusive com obras que têm melhorado a qualidade de vida da população.

 

Presidente Lula e o ministro Renan Filho- Foto: Ricardo Stuckert

Mesmo faltando pouco mais de dois anos para a próxima eleição presidencial, o MDB já começa a se articular nos bastidores. Controlando três ministérios, que somam um orçamento de aproximadamente R$ 80 bilhões, o partido quer emplacar o vice de Lula em 2026.

De acordo com as informações que circulam nas colunas e bastidores políticos, três nomes estão sendo cotados: o ministro dos Transportes Renan Filho, o governador do Pará, Helder Barbalho, e a ministra do Planejamento Simone Tebet.

O atual vice, Geraldo Alckmin, já tem seu nome comentado para disputar o governo de São Paulo, onde já foi governador por quatro vezes.

Nas eleições deste ano, o MDB pretende se fortalecer elegendo pelo menos 900 prefeitos em todo o País.

Em 2026 Lula terá 81 anos. Caso isso se concretize e Lula seja vitorioso, acredita-se que irá delegar muitas funções ao vice, o que acabará credenciando o ocupante do cargo a sucessor em 2030.

Foto: Reprodução/Instagram

Com as presenças do governador Paulo Dantas e do senador Renan Calheiros, mais três prefeitos e o ex-deputado estadual Jairzinho Lira assinaram ficha de filiação ao MDB na terça-feira (23). Ingressaram no partido, os prefeitos Dalmo Júnior (Belo Monte), Josias Aprígio (Minador do Negrão) e Flávio do Chico da Granja (Feira Grande). Com isso, o MDB se reforça para as eleições municipais deste ano. Agora são 69 prefeitos na legenda, o que representa 67% dos municípios alagoanos.

De acordo com o governador Paulo Dantas, "os prefeitos são lideranças locais que têm contato direto com a população. Tê-los ao nosso lado demonstra o compromisso do nosso partido com o bem-estar da nossa população, com políticas que melhoram a vida dos alagoanos”, destacou.

Já o senador Renan Calheiros, que preside o MDB em Alagoas, enfatizou que a filiação de prefeitos e deputados ao MDB em Alagoas é um importante passo para o fortalecimento do partido para as eleições municipais deste ano. A ação demonstra a capacidade do partido de agregar lideranças locais e de construir uma agenda política voltada para as necessidades da população.

Jairzinho lira

O ex-deputado Jairzinho Lira ingressou no partido avaliando a possibilidade em disputar a eleição de Lagoa da Canoa. Jairzinho é pré-candidato a prefeito da cidade localizada no Agreste do estado.

Foto: Cláudio Barbosa

A  eleição para a presidência do Senado só acontecerá em 2025, porém, como geralmente acontece na política, as articulações de bastidores já estão ocorrendo. Os nomes dos ex-presidentes da casa, Renan Calheiros (MDB) e David Alcolumbre (União Brasil-AP), estão sendo citados como possíveis candidatos.

Esta semana, o ministro dos Transportes e senador licenciado, Renan Filho, esteve em Alagoas participando da assinatura para investimentos no estado via Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 3), e foi abordado pela reportagem da Tribuna Independente. Na oportunidade, destacou que o MDB, partido ao qual é filiado, deve lançar um nome para disputar a presidência do Senado. “Ainda está muito distante da eleição, mas eu acredito que o MDB terá um candidato à presidência do Senado, temos bons nomes por lá”.

De acordo com pesquisa Painel do Poder, do portal Congresso em Foco, realizada em setembro com líderes do Legislativo federal, Davi Alcolumbre é lembrado por 41% dos entrevistados. Atrás dele vêm os senadores Renan Calheiros (MDB-AL) e Rogério Marinho (PL-RN).

O levantamento perguntou aos parlamentares sobre quem eles acham que vai vencer, e não quem eles desejam que vença.

Alcolumbre já foi presidente do Senado por dois anos, de 2019 a 2021. É, hoje, o candidato preferencial de Rodrigo Pacheco, atual ocupante do cargo. O senador foi considerado um importante articulador da eleição de Pacheco.

Renan Calheiros foi presidente do Senado, por mais de seis anos (2005-2007 e 2013-2017).

 

Contato

Rua José e Maria Passos, nº 25
Centro - Palmeira dos Índios - AL.
(82) 99641-3231
TELEFONE FIXO - ESTUDIO:
(82)-3421-4842
SETOR FINANCEIRO: (82) 3421-2289 / 99636-5351
(Flávia Angélica)
COMERCIAL: 
(82) 99344-9999
(Dalmo Gonzaga)
O melhor conteúdo. Todos os direitos reservados. Segurança e privacidade
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram