Foto: Reuters/Gonzalo Fuentes

Elon Musk vai demitir cerca de 14 mil funcionários da Tesla, após a empresa apresentar uma queda nas vendas de carros elétricos pela primeira vez. O número de pessoas a serem desligadas representa mais de 10% do quadro de funcionários, que tem um total de 140.473 trabalhadores, segundo o The Guardian.

O e-mail do bilionário falando sobre os cortes de pessoal vazou, de acordo com o site Electrek. Na mensagem, Musk diz que “a Tesla cresceu rapidamente nos últimos anos e, como resultado, houve duplicação de funções e funções em determinadas áreas”. Ainda segundo o site, alguns funcionários já tiveram o acesso ao sistema da companhia bloqueado.

No X, que assim como a Tesla, pertence a Elon Musk, dois executivos da empresa de carros elétricos anunciaram suas renúncias. Um deles foi o vice-presidente sênior Drew Baglino, responsável pelo desenvolvimento de baterias. O segundo foi o vice-presidente de políticas públicas e desenvolvimento de negócios, Rohan Patel.

Ainda não há um pronunciamento oficial sobre as demissões.

Contato

Rua José e Maria Passos, nº 25
Centro - Palmeira dos Índios - AL.
(82) 99641-3231
TELEFONE FIXO - ESTUDIO:
(82)-3421-4842
SETOR FINANCEIRO: (82) 3421-2289 / 99636-5351
(Flávia Angélica)
COMERCIAL: 
(82) 99344-9999
(Dalmo Gonzaga)
O melhor conteúdo. Todos os direitos reservados. Segurança e privacidade
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram