Palmeira dos Índios
23 ºC Céu Limpo

Redes Sociais

Palmeira dos Índios | Céu Limpo
23 ºC

82 99641-3231 (pedido musical)

82 99947-6977 (jornalismo)

82 99641-3231 (pedido musical)

82 99947-6977 (jornalismo)

Jacaré é encontrado dentro de igreja católica em Maceió

Foto por: Cortesia

Um jacaré foi encontrado na manhã desta sexta-feira, 17, dentro da Igreja Santo Antônio de Pádua, no bairro Bebedouro, Em Maceió.

O animal foi encontrado pelo sacristão Gilberto Fausto que viu o jacaré dentro do banheiro. Ele acredita que o animal foi parar no local após as chuvas que caíram em Maceió na noite de ontem e madrugada de hoje.

O jacaré saiu do banheiro e foi para o jardim da igreja e atraiu a atenção de curiosos. O sacristão acionou o Corpo de Bombeiros, mas agentes do Batalhão de Polícia Ambiental (BPA) chegaram antes ao local e capturaram o animal.


​Previsão é de chuvas acima da média em todas as regiões de AL

​Previsão é de chuvas acima da média em todas as regiões de AL

Com o início oficial da quadra chuvosa em Alagoas, na última quarta-feira (15/04), a previsão é de que as chuvas deste período sejam maiores que a média. É o que aponta o relatório emitido pela Sala de Alerta da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh).

Com início nesta segunda quinzena de abril, o período de chuvas deve perdurar até a segunda quinzena do mês de agosto. “A nossa previsão climática se mantém com chuvas além da normalidade em todo o estado, e apesar de não termos este ano a influência de fenômenos como El Niño ou La Niña, o que está favorecendo o aumento das chuvas são as condições do Oceano Atlântico. Ele está muito aquecido, desde a costa do continente africano, até a costa do nordeste brasileiro. Esse aquecimento favorece a ocorrência de chuvas”, explicou o coordenador da Sala de Alerta da Semarh, Vinícius Pinho.

Para este trimestre, entre abril e maio, a previsão é de chuvas em torno dos valores médios históricos no período, podendo exceder a média em algumas áreas. Há possibilidade de grande irregularidade espacial e temporal das chuvas, o que implica na ocorrência de chuvas intensas, de curto período, em áreas isoladas. No trimestre março-abril-maio, os volumes médios de chuva costumam variar entre 200 mm e 800 mm, segundo dados compilados pela Semarh.

É importante reforçar que a Sala de Alerta da Semarh monitora as condições hidrológicas e meteorológicas de todas as regiões de Alagoas em tempo real. E em caso de volumes muito grandes de chuvas e de enchentes, os órgãos oficiais de proteção do Estado e a Defesa Civil são comunicados previamente, para que as ações necessárias possam ser executadas nas regiões que venham a ser afetadas.

Para acompanhar a previsão do tempo todos os dias, basta acessar o site www.semarh.al.gov.br ou baixar o aplicativo “Semarh Tempo Alagoas” disponíveis para os sistemas Android e iOS.

Previsão do tempo para os próximos dias:

Sexta-feira (17/04):

A nebulosidade e as pancadas de chuva devem seguir em todo o estado. No Litoral, no Baixo São Francisco e Zona da Mata, há chances de pancadas de chuva durante a noite.

Sábado (18/04):

O predomínio em toda Alagoas deve ser de nebulosidade variável com possibilidade de chuvas passageiras. A capital alagoana deve apresentar temperaturas com 21ºC de mínima e 29ºC de máxima. No Sertão, a temperatura mínima permanece a mesma de Maceió, mas pode chegar até 35ºC de máxima.


Com alerta de rompimento da barragem, Defesa Civil pede que moradores evitem ficar no leito do Rio Ipanema

Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true
Barragem de Santana, Águas Belas – PE  (Foto: Semarh / Reprodução)

Após o primeiro alerta feito no início do mês de abril, a Defesa Civil Estadual voltou a pedir aos moradores dos municípios de Santana do Ipanema, Poço das Trincheiras, Olivença e Batalha que evitem ficar próximo ao Rio Ipanema devido a ameaça de rompimento da barragens em Águas Belas.

Os quatro municípios poderão sofrer sérios danos caso a barragem, que passa por monitoramento constante, venham realmente a romper. De acordo com a Defesa Civil, é fundamental que nenhuma atividade seja feito no rio, como pescar e tomar banho até que a situação seja controlada.

No último alerta, a Secretaria do Meio Ambiente dos Recursos Hídricos (Semarh) informou que a barragem apresenta fissuras consideráveis e em caso de rompimento, a água deve atingir os municípios alagoanos no tempo de 90 minutos, que ficam em uma distância de 30km.

Redução dos danos

Os Ministérios Públicos Estadual de Alagoas e Federal (MPAL e MPF) expediram uma recomendação conjunta, neste sábado (4), para que os municípios de Santana do Ipanema, Batalha e Poço das Trincheiras adotem medidas urgentes de prevenção e redução de danos em razão da iminência do rompimento da Barragem Santana I. As instituições querem ações compensatórias que deem efetividade aos direitos à vida, à saúde e à assistência social.

A recomendação requer que as três prefeituras realizem estudo, com base nas informações encaminhadas pela ANA (Agência Nacional de Águas) e pela Defesa Civil, da estimativa de quantas famílias seriam atingidas em caso de inundação decorrente de eventual rompimento da barragem Barragem Ipanema I e que, com base nesse levantamento, sejam identificados, de imediato, locais que possam servir de abrigo provisório para assistência à população em situação de desastre, elaborando plano de funcionamento, de maneira que guardem, entre outras exigências, as condições adequadas de higiene e segurança, inclusive as relacionadas à emergência de saúde decorrente da pandemia de COVID-19.


Série de tornados deixam mortos nos EUA

Série de tornados deixam mortos nos EUA

Seis pessoas morreram neste domingo (12/04) após a passagem de uma série de tornados no estado do Mississipi, sul dos Estados Unidos. Os danos foram descritos como “catastróficos” pela imprensa americana.

O Serviço Meteorológico Nacional (NWS) emitiu uma emergência para tornados, o nível mais elevado de alerta para o fenômeno. A Agência de Gestão de Emergências do Mississippi (MSEMA) informou uma morte no condado de Walthall, duas no condado de Lawrence e três no condado de Jefferson Davis, todos na região sul do estado.

“Estas são informações iniciais, que devem ser atualizadas”, afirmou a agência em sua conta no Twitter.

O Centro de Previsão de Tempestades alertou para “tempestades elétricas severas” durante a noite no Mississippi, assim como nos estados vizinhos de Alabama e Geórgia. As autoridades pediram aos moradores que permaneçam em suas casas.


Defesa Civil mantém alerta de inundação para quatro municípios do Sertão

Defesa Civil mantém alerta de inundação para quatro municípios do Sertão

A Defesa Civil de Alagoas informou nesta terça-feira (7), por meio da página oficial do órgão no Instagram, que os municípios sertanejos ainda correm risco de inundação e devem permanecer em alerta, visto que a Barragem Ipanema I, localizada no município de Água Belas, em Pernambuco, ainda pode romper.

Ainda segundo o órgão alagoano, o governo pernambucano está trabalhando para evitar que o rompimento da barragem aconteça, mas ressaltam que moradores ribeirinhos das cidades de Santana do Ipanema, Poço das Trincheiras, Olivença e Batalha devem continuar atentos e que o alerta permanece vigente.

Na última sexta-feira (3), o Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil de Alagoas emitiram alerta para o risco “iminente” do rompimento da barragem pernambucana e orientaram os moradores dos municípios ribeirinhos do estado a evacuarem suas casas.

Desde então as autoridades alagoanas e pernambucanas estão em alerta constante monitorando o nível de água e a situação da barragem, no intuito de avisar a população de forma antecipada.

A Defesa Civil de Alagoas ressalta que a população deve sempre consultar informações passadas por órgãos oficiais.

Defesa Civil mantém alerta de inundação para quatro municípios do Sertão

​Defesa Civil emite novo alerta de alagamento para cidades do Sertão

​Defesa Civil emite novo alerta de alagamento para cidades do Sertão

A Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh) foi informada pelo estado de Pernambuco, nesta sexta-feira (03/04), sobre o risco de rompimento de uma barragem no município pernambucano de Águas Belas, que pode vir a atingir as cidades de Santana do Ipanema, Poço das Trincheiras e Batalha, em Alagoas.

Localizada a aproximadamente 30 km de Poço das Trincheiras, a barragem apresenta fissuras consideráveis e em caso de rompimento, a água deve atingir os municípios alagoanos dentro de 90 minutos.

“Estamos em contato com a Defesa Civil do estado para que, em caso de rompimento, o órgão possa retirar a população das margens do Rio Ipanema. Vamos nos manter em alerta com monitoramento direto nesta barragem para que todos possam ser informados imediatamente em caso de rompimento”, explicou o secretário executivo da Semarh, Alex Gama.

A Sala de Alerta segue realizando o monitoramento do local e está em comunicação constante com a Defesa Civil do estado e demais órgãos oficiais de proteção.


Rua José e Maria Passos, nº 25 - Centro - Palmeira dos Índios - AL.

Redes sociais


Facebook

Whatsapp: 82 99641-3231

Fale conosco


82 99641-3231

© 2020 RÁDIO SAMPAIO - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Interactive MOnkey