82 99641-3231

Primeira edição de 2019 do Sisu ofertará mais de 235 mil vagas

O processo seletivo do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), primeira edição de 2019, vai ofertar 235.476 vagas, em 129 instituições de todo o país. As inscrições serão feitas exclusivamente pela internet, por meio da página eletrônica do Sisu, no período de 22 de janeiro de 2019 até as 23h59 de 25 do mesmo mês, observando o horário oficial de Brasília.

O Sisu é o instrumento pelo qual as universidades públicas oferecem vagas a candidatos que se submeteram ao Exame Nacional de Ensino Médio (Enem).  Podem concorrer às vagas os estudantes que fizeram o Enem 2018 e obtido nota acima de zero na prova de redação.

Os candidatos poderão se inscrever no processo seletivo em até duas opções de vaga, especificando, em ordem de preferência, as suas opções em instituição de educação superior participante, com local de oferta, curso e turno, e a modalidade de concorrência.

A primeira edição do processo seletivo de 2019 será constituída de uma única chamada regular e o resultado será divulgado em 28 de janeiro. Já as matrículas ou registros acadêmicos dos candidatos selecionados deverão ser feitas nas instituições para as quais foram selecionados, na chamada regular, entre os dias 30 de janeiro e 4 de fevereiro. Os escolhidos devem observar os dias, horários e locais de atendimento definidos por cada instituição em seu edital próprio.


Tribunal de Justiça nomeia 66 novos servidores aprovados em concurso público

O presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas, Otávio Leão Praxedes, nomeou 66 servidores aprovados no concurso público homologado nesta quinta-feira (13). As publicações estão no Diário da Justiça Eletrônico desta sexta-feira (14), a partir da página 27.

Foram nomeados 45 técnicos judiciários e 21 analistas judiciários, sendo 15 da área judiciária, 5 oficiais de Justiça e 1 estatístico.

O certame, lançado no final de 2017, foi organizado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e ofertou 131 vagas. Para o cargo de técnico, 517 pessoas foram aprovadas. Já para o de analista judiciário – área judiciária, passaram 153 pessoas.


Prefeitura de Senador Rui Palmeira anuncia Concurso Público com 57 vagas

A Prefeitura do município de Senador Rui Palmeira, no Sertão de Alagoas, divulgou a abertura de edital de concurso público para preenchimento de 57 vagas, em diversas áreas, para profissionais de nível fundamental a superior.

Com carga horária de 20h a 40h semanais, as remunerações variam entre os valores de R$ 954,00 e R$ 3.000,00.

Há oportunidades disponíveis para os cargos de: Auxiliar de Serviços Gerais (8); Guarda Municipal (1); Motorista (2); Vigilante (5); Agente Administrativo (6); Agente Comunitário de Saúde (5); Agente de Combate às Endemias (2); Auxiliar de Consultório Odontológico (1); Professor das Séries Iniciais (5); Técnico de Enfermagem (3); Técnico em Segurança do Trabalho (1); Analista de Controle Interno (1); Assistente Social (1); Contador (1); Enfermeiro (2); Médico (5); Médico do Trabalho (1); Nutricionista (1); Odontólogo (3); Procurador (1) e Professor de Educação Física (2).

Os interessados devem se inscrever até o dia 7 de janeiro de 2019 e pagar taxa de participação de R$ 80,00 e/ou R$ 120,00.


FGV divulga resultado final do concurso para analista judiciário do TJ/AL

A Fundação Getúlio Vargas (FGV) divulgou, no último dia 30, o resultado final para o cargo de analista judiciário do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL). Confira aqui a relação de aprovados.

No concurso, foram oferecidas ao todo 131 vagas, sendo 100 para técnico judiciário, 15 para analista judiciário – área judiciária, 15 para analista judiciário – oficial de justiça avaliador e 1 para analista judiciário – área de estatística.

Para o cargo de técnico, 534 pessoas foram aprovadas. Já para o de analista judiciário – área judiciária, passaram 153 pessoas.

O cargo de oficial de justiça teve 115 aprovados e o de analista na área de estatística teve três. O concurso teve mais de 40 mil inscritos.


Ufal realiza concurso para o cargo de professor substituto

A Pró-reitoria de Gestão de Pessoas e do Trabalho (Progep) da Ufal publicou edital do processo seletivo simplificado para o cargo de professor substituto. Os interessados devem se inscrever no site da Copeve, das 17h do dia 11 de dezembro até as 11h do dia 11 de janeiro de 2019.

De acordo com informações do edital nº 121/2018, há vagas para as unidades de ensino dos campi Arapiraca, do Sertão e A.C. Simões (Maceió). O vencimento básico para 40h é de R$ 3.126,31 e de R$ 2.236,31 para 20h, podendo ser acrescida da retribuição por titulação.

O processo seletivo simplificado será composto de prova de títulos e didática (PD), ambas de caráter eliminatório e classificatório. A data provável da semana de realização das provas é de 4 a 7 de fevereiro de 2019.

Para conferir o edital e mais informações, acesse aqui.


Defensoria Pública de AL pede suspensão do concurso de Porto Calvo

A Defensoria Pública do Estado de Alagoas informou que protocolou, nesta quinta-feira (29), uma ação civil pública solicitando a suspensão do concurso de Porto Calvo, que está previsto para acontecer no próximo domingo (2).

De acordo com o órgão, a suspensão foi solicitada porque as provas para alguns cargos serão aplicadas em Maceió, que fica a cerca de 100 km de Porto Calvo, e os candidatos não concordam.

Segundo eles, no edital está prevista a aplicação no próprio município ou nos vizinhos.

A assessoria de comunicação da Prefeitura de Porto Calvo informou que vão ser disponibilizados transportes para todos os candidatos que farão as provas nos municípios de Maragogi e Maceió. Porém, eles deverão ir à prefeitura e solicitar o transporte.

Quanto a ação civil pública, a assessoria do município disse que aguardará a decisão oficial da Justiça para se pronunciar.

Por meio de nota, a Comissão Permanente de Vestibular (Copeve) informou que a alocação dos candidatos em Maragogi e Maceió ocorreu porque o número total de candidatos inscritos no referido concurso foi superior à capacidade de alocação nos espaços físicos existentes no município de Porto Calvo.

E complementa que “são imprescindíveis condições de segurança, disponibilidade de transporte, conforto térmico e acústico, iluminação, mobiliário, serviços básicos de saúde, entre outras, adequadas para a realização das provas do concurso”.

A defensora pública de Porto Calvo, Elaine Zelaquett, defende que a imposição do local viola os princípios do instrumento convocatório, da legalidade, da isonomia, da publicidade e da transferência.

“O município de Maceió não pode ser considerado circunvizinho de Porto Calvo, o que se revela notório pela considerável distância entre os dois municípios, em torno de 100 km. É uma evidenciada afronta ao edital nº 01/2018 do concurso do município de Porto Calvo”, explica a defensora.


Rua José e Maria Passos, nº 25 - Centro - Palmeira dos Índios - AL.

Redes sociais


Facebook

Whatsapp: 82 99641-3231

Fale conosco


82 99641-3231

© 2018 RÁDIO SAMPAIO - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Interactive MOnkey