Policiais protestam por melhores salários na Argentina - (crédito: AFP)

Policiais ativos e aposentados da província de Misiones, no nordeste da Argentina, protestaram por melhores salários. A mobilização acionou o comitê de crise do governo do presidente Javier Milei.

Pelo menos mil pessoas participaram da manifestações que começaram na sexta-feira e tiveram sequência no sábado (18).  Após um reunião com o comitê de crise, o ministro de Governo de Misiones, Marcelo Pérez, informou que manifestantes foram denunciados por "sedição e incitação à violência", entre outros crimes, e que um juiz ordenou "a dispersão" do local da concentração. Há uma expectativa quanto aos desdobramentos da situação, nesta segunda-feira (20).

Também disse nas redes sociais que houve "três aumentos salarias em cinco meses que superam a taxa de inflação".

Professores de escolas públicas aderiram à mobilização.

A inflação na Argentina registrou o quarto mês consecutivo de desaceleração em abril, atingindo 8,8% mensais, a primeira taxa de um dígito em um semestre, embora permaneça alta no índice interanual, em 289,4%.

Contato

Rua José e Maria Passos, nº 25
Centro - Palmeira dos Índios - AL.
(82) 99641-3231
TELEFONE FIXO - ESTUDIO:
(82)-3421-4842
SETOR FINANCEIRO: (82) 3421-2289 / 99636-5351
(Flávia Angélica)
COMERCIAL: 
(82) 99344-9999
(Dalmo Gonzaga)
O melhor conteúdo. Todos os direitos reservados. Segurança e privacidade
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram