Foto: Gustavo Morais/Rádio Sampaio

A confecção dos tapetes para a festa de Corpus Christi é uma prática popular onde os fiéis católicos enfeitam as ruas da cidade com imagens devocionais feitas de determinados materiais, como serragem e sal, por exemplo. O Pe. José Augusto, responsável pela paróquia de São Cristóvão, e alguns leigos concederam entrevistas ao repórter Rafael Santos, da Rádio Sampaio (94.5 FM) e falaram sobre o assunto.

“É uma beleza enfeitar as ruas para Jesus passar, uma vez que Ele sai do sacrário para sair nas ruas, abençoando as nossas casas, abençoando os nossos lares”, disse o Pe. José Augusto. “Os temas [dos tapetes] são todos voltados para a Eucaristia; Eucaristia, Espírito Santo, Nossa Senhora, tudo voltado para essa realidade [...] e assim vai mostrando um pouco aquilo em que nossa fé acredita”, explicou.

As ruas onde os tapetes são confeccionados são justamente aquelas por onde passará a procissão com o Santíssimo Sacramento. “É uma obra de serviço ao Senhor. É uma obra de serviço que a gente pode estar fazendo e realizando ao Senhor, aquilo de mais belo”, disse Gustavo, que está participando da confecção. “E isso, nenhum ato de murmúrio, de lamentação, não, mas de alegria mesmo, porque é para o Senhor”, afirmou.

Ouça as entrevistas completas a seguir:

Foto: Gustavo Morais/Rádio Sampaio

Foto: Gustavo Morais/Rádio Sampaio

Foto: Pixabay

Nesta quinta-feira (30), a Igreja Católica celebra a festa de Corpus Christi, do Corpo de Cristo, em honra do sacramento da Eucaristia. Sendo um dia de preceito, é obrigatório que os católicos participem da Santa Missa e busquem santificar o dia. Em Palmeira dos Índios, a celebração terá início às 15h, no Ginásio Esportivo do Centro Educacional Cristo Redentor, no bairro São Cristóvão.

Depois da missa rezada no ginásio, haverá a tradicional procissão pelas ruas da cidade, seguindo em direção à Catedral Diocesana Nossa Senhora do Amparo. Na igreja-mãe da diocese, a festa solene será encerrada com a bênção do Santíssimo Sacramento.

Origem

A festa de Corpus Christi foi instituída em 1264, pelo Papa Urbano IV, e foi fruto natural da devoção cada vez maior à Santa Missa e à Eucaristia. Ela também foi uma resposta da Igreja às heresias contrárias à presença real de Cristo na Eucaristia, como as propagadas por Berengário de Tours e pelos cátaros.

O milagre de Bolsena, na Itália, onde a hóstia consagrada começou a sangrar sobre as mãos de um padre incrédulo, também contribuiu para a universalização da festa. Conta-se que um sacerdote, que tinha dificuldades em acreditar na presença de Nosso Senhor Jesus Cristo na Eucaristia, viu a hóstia sangrar em suas mãos momentos depois de proferir as palavras da consagração.

O que é a Eucaristia?

A Santíssima Eucaristia é o sacramento no qual estão contidos verdadeiramente o corpo e o sangue, a alma e a divindade de Nosso Senhor Jesus Cristo, escondidos sob as espécies do pão e do vinho. 

É em torno da Eucaristia, do Corpus Christi, que a vida do católico deve se ordenar e se desenvolver, sendo assim o centro da vida cristã.

Contato

Rua José e Maria Passos, nº 25
Centro - Palmeira dos Índios - AL.
(82) 99641-3231
TELEFONE FIXO - ESTUDIO:
(82)-3421-4842
SETOR FINANCEIRO: (82) 3421-2289 / 99636-5351
(Flávia Angélica)
COMERCIAL: 
(82) 99344-9999
(Dalmo Gonzaga)
O melhor conteúdo. Todos os direitos reservados. Segurança e privacidade
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram