Lula e Flávio Dino | Foto: PT

Na última quinta-feira (14), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), disse estar feliz por conseguir colocar o que ele chamou de “ministro comunista”, referindo-se a Flávio Dino, no Supremo Tribunal Federal (STF). A fala se deu durante o discurso de Lula na 4ª Conferência Nacional da Juventude, em Brasília, quando ele falou sobre acordos políticos com quem não gosta.

“Vocês não sabem como eu estou feliz hoje. Pela primeira vez na história deste país, nós conseguimos colocar, na Suprema Corte deste país, um ministro comunista, o companheiro da qualidade do Flávio Dino”, comentou.

Depois da sabatina da última quarta-feira (13), o atual ministro da Justiça recebeu 47 votos favoráveis dos senadores. A posse de Dino deve ocorrer no dia 22 de fevereiro.

Poucos ministérios?

Ainda na Conferência Nacional da Juventude, Lula disse que existem poucos ministérios para cuidar do Brasil e pediu para que as pessoas não acreditassem na imprensa quando ela falasse que há muitos ministros.

“Esses ministérios que estão aqui, esses ministros que estão aqui, ainda não conseguimos repor a quantidade de funcionários que nós tínhamos em 2010, quando eu deixei a Presidência da República”, disse o presidente.

Atualmente, existem 38 pastas. Nos últimos dois governos, de Michel Temer e Jair Bolsonaro, haviam 23 e 22, respectivamente.

Contato

Rua José e Maria Passos, nº 25
Centro - Palmeira dos Índios - AL.
(82) 99641-3231
TELEFONE FIXO - ESTUDIO:
(82)-3421-4842
SETOR FINANCEIRO: (82) 3421-2289 / 99636-5351
(Flávia Angélica)
COMERCIAL: 
(82) 99344-9999
(Dalmo Gonzaga)
O melhor conteúdo. Todos os direitos reservados. Segurança e privacidade
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram