Imagem: TV Câmara/reprodução

Na última quarta-feira (22), a Comissão de Previdência, Assistência Social, Infância, Adolescência e Família da Câmara dos Deputados aprovou uma moção de repúdio contra Madonna, Anitta e Pabllo Vittar, por causa do show realizado no Rio de Janeiro no início deste mês. Os motivos apontados foram o vilipêndio à fé “da maioria da população brasileira” e o conteúdo nocivo “de forte viés erótico”.

“O nosso repúdio a Madonna, Anitta e Pabllo Vittar, pela apresentação musical no show ‘The Celebration Tour in Rio’, realizado no Rio de Janeiro, no dia 4 de maio de 2024, em razão do vilipêndio à fé da maioria da população brasileira, e do conteúdo nocivo apresentado, de forte viés erótico”, diz a moção. “Justifica-se plenamente a indignação do cidadão brasileiro, que o presente documento expressa e acompanha, manifestando o desejo desta Casa de que semelhantes eventos não voltem a manchar a fé e os valores da maioria de nossa população”, afirmaram os autores.

A moção não tem nenhum efeito prático e é apenas um tipo de requerimento para expressar “a manifestação da Casa Legislativa em razão de um fato que enseje repúdio, louvor, apoio, desconfiança, solidariedade, regozijo, entre outros”.

Além dos artistas, também foram alvos do requerimento o governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro (PL), e o prefeito da capital do Rio, Eduardo Paes (PSD). O pedido foi apresentado pelos parlamentares Dr. Allan Garcês (PP/MA), Chris Tonietto (PL/RJ), Clarissa Tércio (PP/PE), Cristiane Lopes (União/RO) e Julia Zanatta (PL/SC).

Contato

Rua José e Maria Passos, nº 25
Centro - Palmeira dos Índios - AL.
(82) 99641-3231
TELEFONE FIXO - ESTUDIO:
(82)-3421-4842
SETOR FINANCEIRO: (82) 3421-2289 / 99636-5351
(Flávia Angélica)
COMERCIAL: 
(82) 99344-9999
(Dalmo Gonzaga)
O melhor conteúdo. Todos os direitos reservados. Segurança e privacidade
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram