Alagoas confirma 864 casos e 16 mortes por Covid-19 em 24 horas

Alagoas confirma 864 casos e 16 mortes por Covid-19 em 24 horas

Mais 864 casos e 16 mortes por Covid-19 foram confirmadas em Alagoas nas últimas 24 horas. A informação é do boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) nesta sexta-feira (12).

Com os novos registros, o número total de casos confirmados desde o início da pandemia subiu para 138.929. Já o de mortes, chegou a 3.166.

Entre os casos confirmados, 131.777 pessoas conseguiram se recuperar da doença.

O estado tem ainda 14.832 casos suspeitos, à espera do resultado de exames laboratoriais.

Ocupação de leitos

De acordo com o último levantamento da taxa de ocupação de leitos exclusivos para pessoas com confirmação ou suspeita da Covid-19, atualizado na noite de quinta (11), Alagoas tem 82% dos leitos de UTI ocupados.

Considerando o total de leitos, incluindo os leitos clínicos, a taxa de ocupação é de 72%.

Palmeira dos Índios

A cidade de Palmeira dos Índios já realizou 11.578 testes, chegou a 3.155 casos confirmados, 8.167 casos descartados, 2.924 pessoas já se recuperaram do vírus, 74 óbitos e tem 09 pessoas hospitalizadas.

Mais 16 mortes por Covid-19

  1. Maceió: Homem, 59 anos – hipertenso

  2. Maceió: Homem, 77 anos – hipertenso

  3. Maceió: Homem, 80 anos – hipertenso

  4. Maceió: Homem, 84 anos – hipertenso

  5. Maceió: Mulher. 35 anos – doença neurológica crônica

  6. Maceió: Mulher, 65 anos – sem comorbidades

  7. Marechal Deodoro: Adolescente, 13 anos – leucemia

  8. Marechal Deodoro: Mulher, 72 anos – hipertensão arterial, diabetes, sequelas de um Acidente Vascular Encefálico (AVE)

  9. Pão de Açúcar: Homem, 45 anos – encefalopatia hepática

  10. Palmeira dos Índios: Homem, 51 anos – asma brônquica

  11. Palmeira dos Índios: Homem, 68 anos – sem comorbidades

  12. Arapiraca: Homem, 59 anos – hipertenso e diabético

  13. Arapiraca: Homem, 69 anos – hipertenso

  14. Satuba: Homem, 65 anos – sem comorbidades

  15. Satuba: Homem, 71 anos – sem comorbidades

  16. Taquarana: Mulher, 72 anos – hipertensa


Deixe uma resposta