Virtualmente reeleito, Renan Filho diz que adversários foram caindo pelas tabelas

O governador Renan Filho (MDB), que figura como líder absoluto em todas as pesquisas de intenção de voto, votou na manhã deste domingo no SEB/COC Ponta Verde. O governador, que tenta a reeleição, chegou ao colégio acompanhado da mulher Renata, dos filhos João e Davi, e do pai, o senador Renan Calheiros, que também tenta a reeleição.

Renan Filho, que completa 39 anos nesta segunda (8), afirmou que espera acordar amanhã com Alagoas tendo reconhecido todos os avanços da sua gestão e com energia renovada para já reiniciar o trabalho.

O governador avaliou que o seu governo foi o que promoveu as maiores mudanças, como Estado que mais cresceu na qualidade da educação, segundo o Ideb, reduziu a violência, além de ser o governo que mais investe em saúde com recursos próprios. Ainda segundo o gestor, esta é a primeira vez que os indicadores sociais se movem positivamente.

O candidato ainda relembrou sua trajetória meteórica na política, sendo eleito o mais jovem prefeito da sua cidade natal, aos 23 anos, reeleito com recorde de votos, eleito o deputado federal mais bem votado da história política de Alagoas e, finalmente, governador em 1º turno.

Questionado se esta foi a eleição mais fácil a que disputou na sua vida política, Renan Filho discordou. “Adversário desistiu porque estava ruim. Não tem eleição fácil, eu acredito que o que faz a eleição ser mais fácil é a qualidade do governo. E complementou: “Gente que dizia que era candidato e na hora não teve coragem, depois alçaram outro e ficaram com vergonha do candidato e ele desistiu, de forma que tinha candidato mas eles caíram pelas tabelas.”

Questionado sobre um eventual apoio no segundo turno, Renan Filho disse que irá aguardar a definição do pleito para se posicionar.

 


Deixe uma resposta