Vândalos depredam unidade de saúde em represália à prisão de traficante em Boca da Mata

Uma dupla de vândalos depredou a Unidade de Saúde Maria Genura, no bairro Dom Pedro II, no Centro de Boca da Mata, na madrugada desta quarta-feira (24), após uma suposta represália à prisão de um suspeito de tráfico. A informação foi confirmada pelo prefeito interino da cidade, Valter Acioli, que vai tentar uma reunião com o secretário de estado da Segurança Pública, coronel Lima Júnior, para tratar do assunto.

Por telefone, o chefe do Executivo relatou que um jovem com envolvimento em tráfico de drogas efetuou disparos em via pública, sendo preso em seguida. Como reação à investida, outros dois invadiram a unidade de saúde com pedras e tijolos e quebraram vários vidros das janelas e portas. Os autores da ação não levaram nada e fugiram com destino ignorado.

Por causa disso, a unidade – que atende cerca de 100 pessoas diariamente – suspendeu o atendimento nesta quarta, voltando às atividades nesta quinta (26). “Esta já é a segunda vez que a unidade é alvo de depredação por causa de represália. Acionamos as equipes da vigilância patrimonial e do Cisp [Centro Integrado de Segurança Pública] e fizemos um Boletim de Ocorrência”, informou o prefeito.

 

O prefeito ainda comentou que o local dispõe de câmeras de segurança, mas os equipamentos estavam desligados por falta de fibra ótica. “Com a ausência de internet, os equipamentos só funcionam com o ponto eletrônico, ou seja, pelo dia”.

Valter Acioli salientou que o prejuízo gira em torno de R$ 8 mil, considerando que será preciso trocar os vidros, que são temperados.

Na oportunidade, o gestor informou que entrará em contato com o secretário de Segurança, coronel Lima Júnior, para marcar uma reunião, a fim de que sejam tomadas providências quanto ao reforço da segurança na região.


Deixe uma resposta