Edvan Ferreira / Agência Alagoas

O governador Paulo Dantas está se preparando e poderá deixar o cargo em 2026 para concorrer ao Senado ou à Câmara dos Deputados.  A informação voltou a ser repercutida neste final de semana em vários órgãos de imprensa do estado e, também, nos bastidores da política estadual.

De acordo com as informações publicadas, a confirmação deve acontecer após entendimentos com o vice-governador Ronaldo Lessa (PDT) e com o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Marcelo Victor (MDB).

Ainda em março, durante eventos em Junqueiro e Arapiraca, no Agreste alagoano, o vice-governador Ronaldo Lessa tratou do assunto. Na oportunidade, ele destacou essa tendência do governador Paulo Dantas sair do governo e continuar politicamente como senador ou deputado federal.

De acordo com a legislação eleitoral vigente, caso um governador tenha pretensões políticas em disputar o mandato de deputado federal ou senador, ele precisa renunciar ao cargo seis meses antes das eleições.

 

Presidente do Peru, Dina Boluarte - Foto: Josh Edelson/AFP

A presidente do Peru, Dina Boluarte, está envolvida em nova polêmica. Uma investigação da revista Hildebrandt en sus Trece afirma que a mandatária se ausentou do Palácio do Governo- e de toda atividade exigida por sua investidura- durante duas semanas entre junho e julho de 2023 para realizar uma rinoplastia e outras intervenções cirúrgicas de rejuvenescimento no rosto. Boluarte teria violado a Constituição por não ter comunicado sua ausência ao Congresso e por não ter sido substituída pelo presidente da Câmara.

Segundo a publicação, Boluarte  não se sentia confortável com sua imagem, o que a levava a questionar constantemente os fotógrafos de seu gabinete de imprensa, chegando ao ponto de culpá-los por sua baixa popularidade.

O médico que, segundo a investigação, a operou é Mario Cabani Ravello, um profissional com reputação comprovada que já fez cirurgias em figuras públicas do Peru, como as apresentadoras Magaly Medina e María Pía Copello.

A congressista Ruth Luque enviou um ofício solicitando a agenda da mandatária entre 29 de junho e 9 de julho de 2023, bem como as atas das sessões do Conselho de Ministros no mesmo período e documentação de licença médica por motivos pessoais, além de desconto de salários.

Luque afirma que, se comprovada a ausência, Boluarte teria violado a Constituição por não ter comunicado Luque afirma que, se comprovada a ausência, Boluarte teria violado a Constituição por não ter comunicado sua ausência ao Congresso e por não ter sido substituída pelo presidente da Câmara, o que qualificaria como uma causa de vacância ou moção de censura., o que qualificaria como uma causa de vacância ou moção de censura.

Contato

Rua José e Maria Passos, nº 25
Centro - Palmeira dos Índios - AL.
(82) 99641-3231
TELEFONE FIXO - ESTUDIO:
(82)-3421-4842
SETOR FINANCEIRO: (82) 3421-2289 / 99636-5351
(Flávia Angélica)
COMERCIAL: 
(82) 99344-9999
(Dalmo Gonzaga)
O melhor conteúdo. Todos os direitos reservados. Segurança e privacidade
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram