Segurança Pública confirma registro de 20 homicídios durante o carnaval

Por:
 / Publicado em 08/03/2019

Alagoas contabilizou 20 homicídios durante o período carnavalesco, das 18h da sexta-feira (1º) às 12h da quarta-feira de cinzas (6). A redução foi de 28,6% em relação ao ano passado, quando foram 28 crimes do tipo. Os dados foram apresentados nesta sexta (8) pelo governador Renan Filho e pelo secretário da Segurança Pública, Lima Júnior.

Apesar de não terem sido registrados feminicídios, a Polícia Militar atendeu 111 casos de agressão contra mulheres. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), as festas de 2019 foram as menos violentas desde 2011, quando houve um registro de 53 mortes ao longo dos cinco dias.

A capital apresentou a maior redução entre todos os municípios: em 2018 foram 11 homicídios, contra cinco agora, uma queda de 54,5%. Nenhum dos assassinatos ocorreu em locais onde aconteciam festejos carnavalescos. Também houve redução no número de roubos a coletivos, com quatro ataques - no ano passado foram cinco.

A Polícia Militar atendeu um total de 641 ocorrências durante a Operação Carnaval. A maioria, ou 131, referente à perturbação do sossego alheio. Logo depois vieram os registros de violência contra a mulher. Já a Polícia Civil teve 830 ocorrências, sendo 118 foram referentes a perda ou extravio, 127 de furto e 119 de roubo.

No carnaval 2019, 5.265 veículos foram abordados em todo o Estado. Desses, 1.170 resultaram em autuações por alguma irregularidade. As equipes de policiamento de trânsito também realizaram 1.046 testes do bafômetro, recolheram 68 habilitações e constataram 55 situações de alcoolemia.

Além disso, 28 condutores foram flagrados sem habilitação, outros 26 veículos foram removidos ao pátio do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e sete pessoas foram autuadas em flagrante por embriaguez ao volante. Já o número de acidentes furante as festas de Momo ficou em 14.

O Corpo de Bombeiros também participou da ação e realizou 9.430 ações preventivas nas praias de Alagoas. Foram 61 atendimentos pré hospitalares, 27 buscas e salvamentos e 23 atividades de prevenção. Os militares ainda localizaram 13 crianças perdidas, combateram 13 incêndios e efetuaram dois resgates referentes a afogamentos.

A Operação Carnaval teve a participação de 8.650 agentes de segurança, entre policiais civis e militares, delegados, escrivães, bombeiros e peritos. Da PM, foram empregados 6.627 homens e 709 viaturas na capital, Região Metropolitana e demais municípios. Já a PC teve o incremento de 1.155 policiais e delegados, além de 360 viaturas. Já o Corpo de Bombeiros disponibilizou 868 militares.

Deixe uma resposta

Contato

Rua José e Maria Passos, nº 25
Centro - Palmeira dos Índios - AL.
(82) 99641-3231
TELEFONE FIXO - ESTUDIO:
(82)-3421-4842
SETOR FINANCEIRO: (82) 3421-2289 / 99636-5351
(Flávia Angélica)
COMERCIAL: 
(82) 99344-9999
(Dalmo Gonzaga)
O melhor conteúdo. Todos os direitos reservados. Segurança e privacidade
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram