Propaganda eleitoral irregular foi o tema mais denunciado em aplicativo do TSE em AL

Eleitores de 47 municípios alagoanos formalizaram denúncias através do aplicativo Pardal, disponibilizado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) como forma de possibilitar a população para atuar como fiscal da eleição. Os municípios de Maceió e Palmeira dos Índios tiveram o maior volume de registros com 88 e 22 denúncias, respectivamente.

A propaganda irregular foi a maior queixa do eleitorado com 145 denúncias, enquanto a compra de votos, que é uma das irregularidades mais combatidas, aparece com 22 queixas. Ao formalizar sua denúncia, o eleitor pode registrar todas as informações incluindo fotos, vídeos e outros detalhes adicionais que possibilitem a apuração do caso.

O uso da máquina pública também uma irregularidade apontada pelos eleitores. Confira na tabela:

No total, somente no aplicativo foram feitas 234 denúncias, até a última consulta realizada pela reportagem do CadaMinuto. O sistema do aplicativo passou por modificações desde a sua criação em 2016, aprimorando o sistema de triagem das denúncias, a fim de facilitar o trabalho de apuração por parte dos TREs e do Ministério Público Eleitoral (MPE).


Deixe uma resposta