Polícia cumpre 48 mandados e prende 13 pessoas em três dias de operação em Alagoas

Armas e simulacro de armas apreendidos com os suspeitos presos em três dias seguidos de operação policial em Alagoas — Foto: Divulgação/SSP-AL
Armas e simulacro de armas apreendidos com os suspeitos presos em três dias seguidos de operação policial em Alagoas — Foto: Divulgação/SSP-AL

Uma grande operação policial dividia em três dias resultou na prisão de 13 suspeitos de integrar um grupo criminoso que comanda o tráfico de drogas e outros crimes no interior de Alagoas. Foram cumpridos 48 mandados de prisão e de busca e apreensão. A informação foi divulgada nesta quinta-feira pela Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP).

A primeira ação aconteceu na terça (29), em Arapiraca, Craíbas e Taquarana, com buscas realizadas por policiais do 3° Batalhão de Polícia Militar e da 4ª Delegacia Regional de Polícia, com o apoio do Grupamento Aéreo.

No dia seguinte, quarta (30), as buscas se concentraram em São Miguel dos Campos, com participação de equipes da 1° Cia Independente, Batalhão de Policiamento de Rodoviário (BPRv), Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran), Batalhão de Operações Especiais (Bope), Batalhão de Radiopatrulha (BPRp), Grupamento Aéreo e Denarc.

Nesta ação, foi preso o chefe de uma organização criminosa e mais 10 pessoas. Somente uma não tinha mandado de prisão em aberto, mas foi presa em flagrante por porte ilegal de arma de fogo.

Segundo a SSP, todos os presos nesta etapa já tinham passagens pela polícia por tráfico, homicídios e roubos.

Outros dois suspeitos foram presos nesta manhã, quando as buscas voltaram a ser feitas no município de Arapiraca. Um deles em cumprimento a um mandado de prisão e também em flagrante por ter sido flagrado em posse de um revólver calibre 22 e materiais para montagem de arma artesanal.

O outro suspeito foi preso em flagrante por estar com um revólver 38 e seis munições, sem ter licença para isso.

Além disso, os policiais cumpriram 19 mandados de busca e apreensão no município.

Mandados de busca e apreensão e de prisão foram cumpridos em municípios do interior de Alagoas — Foto: Divulgação/SSP-AL

 

*   Com G1


Deixe uma resposta