Papa aceita renúncia do arcebispo de Maceió, Dom Antônio Muniz

Por: Rádio Sampaio com Gatezaweb
 / Publicado em 03/04/2024

Dom Antônio Muniz renuncia à função de Arcebispo de Maceió | Foto: Wanderlan Velozo

O papa Francisco aceitou, nesta quarta-feira (3), a renúncia do arcebispo de Maceió, Dom Antônio Muniz. Agora, quem assume o comando da Arquidiocese é o arcebispo Dom Carlos Alberto Breis Pereira, que, até então, ocupava a função de arcebispo coadjutor. A Arquidiocese é composta pelo território de Maceió e outros 37 municípios de Alagoas.

A renúncia de Dom Antônio foi apresentada por meio de um ofício encaminhado ao Vaticano e, assim, referendado pelo papa. A presidência da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) enviou saudação a Dom Beto e agradecimento a Dom Antônio.

Conforme divulgado pelo site Vatican News, a saída de Dom Antônio Muniz, de 71 anos, se dá em virtude de cuidados com a saúde, segundo informações da CNBB. Agora, ele se torna arcebispo emérito.

Na oportunidade, Muniz agradeceu a Deus "pela vocação e 25 anos de dedicação na construção de uma Igreja comprometida com o anúncio do Evangelho e atenta às realidades que precisam da caridade cristã".

O frade franciscano Dom Beto, como gosta de ser chamado, foi acolhido pelos fiéis no início deste ano. Como coadjutor, Dom Carlos já vinha ajudando e substituindo o bispo no exercício de suas funções perante a Arquidiocese, que, desde a chegada de Dom Muniz, em 2007, praticamente dobrou de tamanho, passando de 62 para 107 paróquias, áreas pastorais e quase paróquias.

Segundo dados da Arquidiocese de Maceió, o clero - que tinha 70 integrantes - dispõe hoje de cerca de 170 pessoas, incluindo os padres, religiosos e diáconos.

Biografia de Dom Beto

O recém-chegado Dom Carlos Alberto Breis Pereira era bispo de Juazeiro (BA) até ser nomeado como arcebispo coadjutor de Maceió. Ao desembarcar e presidir a sua primeira missa, na Igreja de São Lucas, no Stella Maris, já esclareceu que gosta de ser chamado como Dom Beto.

Nascido em 1965, em Santa Catarina, ele ingressou na Ordem dos Frades Menores (OFM) aos 17 anos. Tornou-se frade franciscano em 1987, estudou Filosofia e Teologia em Olinda e Recife (PE) e foi ordenado sacerdote em 1994, em Fortaleza (CE).

Dom Beto chegou a ser aluno do próprio Dom Antônio no curso de Teologia, no Seminário Franciscano de Olinda, e desempenhou diversas funções na sua ordem religiosa. Em 2016, foi nomeado bispo coadjutor de Juazeiro (BA). No quadriênio de 2019 a 2023, foi membro da Comissão para a Doutrina da Fé da CNBB e vice-presidente do Regional Nordeste 3 da Conferência. Neste ano, foi eleito presidente do Regional.

Biografia de Dom Antônio

Frade da Ordem do Carmo, Dom Antônio é natural de Princesa Isabel, na Paraíba. Nasceu em 11 de agosto de 1952. Foi ordenado presbítero em 24 de maio de 1980, em sua cidade natal.

Antes do episcopado, foi mestre dos noviços, reitor de colégio, provincial e professor de Bíblia. Também atuou como membro da Comissão Econômica internacional da Ordem Carmelita e foi vigário cooperador em Recife (PE).

Em 4 de fevereiro de 1998, foi nomeado bispo de Guarabira (PB) e ordenado em 24 de maio, no Recife. Ele atuou na diocese, de 1998 até 2006, quando foi nomeado arcebispo de Maceió. A posse foi no dia 22 de novembro de 2006.

Em seu governo na sede de Maceió, Dom Antônio definiu a Pastoral Social como um imperativo. Instituiu as Missas pela Paz, celebradas mensalmente na Catedral, frente à escalada da violência no estado.

Outra iniciativa do arcebispo foi a fundação da Fazenda da Esperança Santa Teresinha, como forma de enfrentamento ao avanço do narcotráfico e a recuperação de dependentes químicos.

Também foram projetos levados à frente por ele a Casa do Servo Sofredor e a dinamização do Secretariado de Assistência Social Juvenópolis. Ele também se dedicou ao trabalho de evangelização e educação da fé do Povo de Deus, com a realização das Missões Populares em todas as paróquias da Arquidiocese.

De 2007 a 2011, Dom Antônio foi presidente do Regional Nordeste 2 da CNBB.

Deixe uma resposta

Contato

Rua José e Maria Passos, nº 25
Centro - Palmeira dos Índios - AL.
(82) 99641-3231
TELEFONE FIXO - ESTUDIO:
(82)-3421-4842
SETOR FINANCEIRO: (82) 3421-2289 / 99636-5351
(Flávia Angélica)
COMERCIAL: 
(82) 99344-9999
(Dalmo Gonzaga)
O melhor conteúdo. Todos os direitos reservados. Segurança e privacidade
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram