Padaria era usada como fachada para vender drogas em Marechal Deodoro

Padaria era usada como fachada para vender drogas em Marechal Deodoro

Em vez de pão, drogas. Uma padaria em Marechal Deodoro era usada como fachada para venda de entorpecentes, segundo a polícia, a estudantes. A polícia chegou até o local após denúncias pelo telefone 181, uma delas feita pela Secretaira de Educação do município, que fica na região metropolitana de Maceió.

A panificação fica na orla lagunar. A polícia prendeu,em flagrante, Carlos Correia de Melo Filho, 30 anos. Com ele foram encontrados cerca de 200 gramas de maconha e outras três bombinhas da droga prontas para comercialização.

A Polícia Militar ainda percorreu o local com um cão farejador, em busca de mais drogas.

Durante a operação a polícia flagrou uma mulher  que havia acabado de comprar uma quantidade de maconha no local. Luana dos Santos Nogueira, 21 anos, foi levada para a Delegacia da cidade, onde foi autuada com o Termo Circunstanciado de Ocorrência e liberada pelos policiais.

“Nós recebemos várias denúncias de que esse homem vendia [drogas] e que os estudantes estavam fazendo fila pra comprar e consumindo próximo ao local. As denúncias afirmavam ainda que muitos deles estavam faltando aula para consumir drogas. Além disso, recebemos uma reclamação formal da Secretaria de Educação da cidade”, explicou o delegado Leonam Pinheiro.

Padaria era usada como fachada para vender drogas em Marechal Deodoro
Fonte: TNH1

Deixe uma resposta