Mais de dois milhões de eleitores devem comparecer as urnas neste domingo em Alagoas

Neste domingo (07), quase dois milhões e 200 mil eleitores alagoanos devem comparecer às 6.587 seções eleitorais distribuídas nos 102 municípios do Estado para exercer sua cidadania e escolher aqueles que, no decorrer dos próximos quatro anos, estará à frente das decisões executivas e legislativas a nível federal e estadual.

Documentos

Os eleitores devem se dirigir aos locais de votação que estarão funcionando das 8h às 17h portando, além do título de eleitor, um documento oficial com foto, que pode ser a carteira de identidade, passaporte, carteira de categoria profissional reconhecida por lei, certificado de reservista, carteira de trabalho, Documento Nacional de Identidade (DNI) ou Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

A zona e a seção eleitoral estão no título de eleitor, que também pode ser baixado no aparelho celular pelo aplicativo e-Título, disponível para Android ou iOS. Para conferir o local de votação clique aqui.

Ordem do voto

Como são muitos números que o eleitor deve digitar na urna eletrônica (ou escrever, caso seja necessário recorrer ao voto em papel) é permitida e até orientada a entrada na cabine de votação com uma “cola” escrita em papel para facilitar o processo.

A ordem de votação será primeiro para deputado federal, seguido do deputado estadual ou distrital, dois senadores, governador e presidente.

Voto em trânsito

Os turistas ou pessoas que estejam em Maceió e precisarem votar em trânsito podem escolher o local mais próximo de onde estiverem, consultando aqui.

Os locais de votação em trânsito também funcionarão das 8h às 17h.

Mudança de locais de votação

Os eleitores da capital devem estar atentos às mudanças em algumas zonas eleitorais. O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) informou que houve alterações na 54ª Zona Eleitoral e de acordo com a nota oficial, os eleitores que votam na seção 487 da Escola Municipal Jorge de Lima, passarão a votar na Escola Municipal Professor Jayme de Altavila, situada à rua Dilermano Reis, s/n, na Santa Lúcia. Os eleitores que votam na seção 488 da Escola Estadual Otacílio de Andrade votarão na Escola de Educação Básica João Sampaio, situada à Praça Central, no Conjunto João Sampaio I, no bairro Petrópolis.

As mudanças também atingem os eleitores que votam na seção 490 da Universidade Tiradentes – UNIT, no Benedito Bentes, que passarão a votar na Escola Estadual Marco Antônio da Silva, situada à Avenida Antônio Lisboa de Amorim, no Benedito Bentes I.

Outra mudança foi na2ª Zona que transferiu alguns locais de votação nos bairros de Mangabeiras, Cruz das Almas, Poço, Ponta Verde, Riacho Doce e Ipioca. Conforme o TRE, o Lar São Domingos, em Mangabeiras, não será mais um local de votação, e todos os eleitores que votariam na instituição, mais especificamente nas seções 2, 3, 4, 5, 234, 261, 326, 333 e 336, passarão a votar na UNIT – Centro Universitário Tiradentes (Avenida Gustavo Paiva, 5017, em Cruz das Almas). A Escola de Ensino Fundamental Kátia Pimentel Assunção, no Jacintinho, também não abrigará seções eleitorais nas próximas eleições de outubro e os eleitores das seções 39, 40, 41, 42, 43, 44, 231 e 253 também passarão a votar na UNIT.

Os eleitores que votariam no Colégio Cenecista de Maceió, no Centro, também votarão em um lugar diferente. Todas as seções eleitorais do local (79, 80, 81, 82, 83, 84, 197 e 423) foram transferidas para a Escola Professora Maria José Carrascosa, situada na rua Diegues Junior, no Poço. O mesmo acontece com os eleitores que votariam na Escola Patinho Feio, na Ponta Verde, que tiveram suas seções eleitorais (417, 421 e 424) transferidas para a Escola Seb, antigo COC, situado na rua Senador Rui Palmeira, 1200, no mesmo bairro.

As mudanças nos locais de votação da 2ª Zona também atingiram os eleitores que votariam na seção 187 do Grupo Escolar Antônio Vasco, em Riacho Doce, que passarão a votar no Colégio Futuro (avenida General Luiz França Albuquerque, 16), no mesmo bairro. Já os eleitores das seções 419 e 420 passarão a votar na Escola Estadual Jornalista Raul Lima, situada na rua da Igreja, S/N, em Ipioca.

Na 33ª Zona Eleitoral, os eleitores que votam na Faculdade Raimundo Marinho – FRM devem estar atentos à mudança de endereço da instituição. A Faculdade continua localizada na Avenida Durval de Góes Monteiro, Nº 9757, no Tabuleiro dos Martins, mas em outra edificação, próxima à Bomba do Gonzaga e ao Colégio Dinâmico Júnior, na galeria de galpões, vizinha à academia “FortFit”.

A FRM é um dos 25 locais de votação que compõem a 33ª Zona Eleitoral, abrigando 11 seções eleitorais e, aproximadamente, 5060 eleitores da parte alta de Maceió.

Locais de votação podem ser confirmados no e-Título ou no site do TRE.

Segurança

A Polícia Militar de Alagoas (PM/AL) terá 404 viaturas na operação da eleição, que terá o emprego de 4.994 policiais militares em todo o Estado, sendo 1798 na região metropolitana de Maceió e 2.996 no interior. Também em Maceió, 200 bombeiros militares atuarão na guarda das urnas, supervisionados por 14 oficiais.

Os coordenadores das atividades das polícias Federal e Civil destacaram que já estão atuando em parceria na investigação de crimes eleitorais e apuração de denúncias.

Promotores eleitorais estarão de plantão em todas as Zonas do Estado além dos juízes eleitorais que atuam em parceria com os membros do Ministério Público para combater crimes eleitorais em Alagoas.

Energia

A Eletrobras Distribuição Alagoas informou, por meio de sua assessoria de Comunicação, acerca do reforço no número de equipes de prontidão em todo o Estado neste domingo. Mais de 300 colaboradores estarão em pontos estratégicos e, durante o horário de votação, terão prioridade os atendimentos emergenciais que ofereçam risco à população e ocorrências em locais de votação informados previamente pelos cartórios eleitorais.

Todo registro envolvendo a rede elétrica e o fornecimento de energia deve ser feito pelo 0800 082 0196.

Multa

Já os cidadãos que não puderam comparecer às urnas por motivos diversos têm um prazo de 60 dias para justificar a ausência e deve pagar uma multa de R$ 3,51 por turno. A multa pode ser paga em qualquer agência bancária, nos Correios ou nas casas lotéricas.

O eleitor que não pagar a multa fica em débito com a Justiça Eleitoral e não poderá solicitar certidão de quitação eleitoral.


Deixe uma resposta