“Lula não é um bandido; a Constituição é maior que Moro,” diz Renan Calheiros

Senador Renan Calheiros (PMDB-AL)

Renan Calheiros (MDB) sai mais uma vez em defesa do ex-presidente Lula e durante inaugurações do Governo Presente, em Arapiraca, falou da necessidade de harmonia entre os Poderes, e alfinetou o juiz Sérgio Moro, autor do pedido da prisão de Lula, afirmando que sua condenação não tem provas e que a Constituição é maior que o magistrado.

 

Leia na íntegra a opinião do Senador alagoano:

“Eu fico muito triste com os desdobramentos da política nacional, sobretudo quando vejo alguém condenado absolutamente sem provas e tendo que ter uma pena antecipada para satisfazer alguém. Isso não é um bom caminho para a democracia que nós precisamos irrigar todos os dias.

Quando os poderes não se harmonizam na proteção da Constituição, ora um sendo moderador, ora o outro, as coisas descambam na democracia, mas isso não pode voltar a acontecer no Brasil. A democracia tem defeitos, mas é o melhor regime.

O Lula não é um bandido. O Lula é considerado, por todos os brasileiros, o melhor presidente da República de todos os tempos. Ninguém pode ser condenado sem provas, muito menos o Lula. O que o Brasil precisa rapidamente é restaurar a harmonia entre os poderes para proteger a Constituição. Os limites de tudo é a Constituição. A Constituição é maior que o Moro. De modo que o Brasil está penalizado e está muito triste com os desdobramentos destas circunstâncias que nós estamos vendo agora.”

 

Renan também com o ex-presidente uma convergência, em relação a aprovação e execução de programas sociais, citando o Bolsa Família, Minha Casa Minha Vida, Luz Para Todos, Programa do Leite, extensão de universidades federais, entre outros.


Deixe uma resposta