Funcionários dos Correios paralisam atividades por 24h em Alagoas

Funcionários da Empresa de Correios e Telégrafos (ECT) decidiram em assembleia realizada nesta quarta-feira (24) paralisar as atividades por 24h, em todo Estado, amanhã (25).

A categoria reclama que as denúncias de sobrecarga e más condições de trabalho apontadas pelo Sindicato dos Trabalhadores na Empresa de Correios e Telégrafos em Alagoas  (Sintect-AL)  não foram atendidas.

Ainda segundo o sindicato, há uma quantidade baixa de trabalhadores que estão sobrecarregados. São 400 funcionários em atuação, quando seriam necessários pelo menos mais 250. Só nos últimos cinco anos aproximadamente quatrocentos trabalhadores pediram demissão.  Também há falta de equipamentos e veículos em condições precárias.

A paralisação tem o intuito de mostrar o descontentamento da categoria e de reivindicar que as denúncias apontadas sejam atendidas. Além de chamar a atenção para a Distribuição Domiciliária Alternada (DDA) que tem prejudicado os clientes e sobrecarregado os trabalhadores devido à falta de mão de obra e de planejamento estratégico na estatal.

O presidente do Sintect-AL, Altanes Holanda, admitiu que caso as reivindicações não sejam atendidas, existe a possibilidade real de uma greve dos trabalhadores da estatal em Alagoas.


Deixe uma resposta