Flamengo vence o Fluminense e abre 10 pontos de vantagem na liderança

Filipe Luís voltou jogar após lesão sofrida contra o Grêmio
Filipe Luís voltou jogar após lesão sofrida contra o Grêmio (Foto: André Durão)

Muito superior no primeiro tempo e melhor na etapa final, o Flamengo conseguiu merecida vitória por 2 a 0 sobre o Fluminense neste domingo, no Maracanã. Bruno Henrique, “o senhor dos clássicos” – soma nove gols contra arquirrivais -, e Gerson, cria de Xerém, marcaram.

O Flamengo chega a 64 pontos e segue cada vez mais líder do Brasileiro. São 10 pontos de vantagem em relação ao Palmeiras, vice-líder da competição. Finalizou mais do que o Flu, teve mais posse de bola e pouco foi incomodado.

O Flamengo iniciou o jogo em altíssima intensidade e abriu o placar logo aos três minutos. Gabigol parou em Muriel inicialmente, mas após escanteio rápido, Bruno Henrique cabeceou com perfeição cruzamento de Rodinei.

Chegou a ficar perto dos 80% de posse bola com 20 minutos de jogo (terminou a etapa com 66%) e finalizou muito mais: 11 a 4.

Com o Fluminense desatento e acuado em seu campo de defesa, Muriel foi a principal figura da etapa. Pegou demais e evitou que seu time fosse para o intervalo com prejuízo maior. Aos 44, porém, o Flu quase igualou em linda jogada. Caio Henrique cruzou, e Yony, com uma puxeta, tirou o famoso “uh” da galera tricolor.

Comemoração de Bruno Henrique e Gabigol no primeiro gol do Flamengo
Comemoração de Bruno Henrique e Gabigol no primeiro gol do Flamengo (Foto: André Durão)

Bem menos criativo no segundo tempo, o Flamengo conseguiu fez o segundo no início em erro de Frazan. Muriel, esperto, parou Gabigol. Depois disso, o jogo perdeu em emoção. O Fluminense até começava a gostar da partida, mas não conseguia chegar.

Até que aos 20 minutos veio um gol típico de um time em que tudo dá certo. Diego Alves afastou bola da área, e Bruno Henrique deu uma raspada despretensiosa. A bola se apresentou para Gabigol, que tocou mal demais em Reinier, ela bateu no calcanhar do jovem e voltou para o artilheiro, que desta vez tocou certo. Reinier dominou com espaço, tocou para Gerson, que cortou para dentro e, com um chutaço, aumentou a vantagem rubro-negra.

Depois do gol com cara de time campeão, o Flamengo administrou com tranquilidade a vitória.

Segundo o comentarista de arbitragem Sálvio Espínola, Anderson Daronco errou ao não marcar pênalti de Nino em Gabigol, aos 10 do primeiro tempo. Veja o lance no vídeo abaixo:

Novamente acionado na Central do Apito, Sálvio afirmou que Daronco errou aos 15 do segundo tempo, quando não marcou falta de Pablo Marí em Wellington Nem. Para o comentarista, houve a infração, e o espanhol deveria ser expulso.

Líder isolado do Campeonato Brasileiro com 64 pontos, o Flamengo enfrenta o CSA na rodada seguinte, novamente no Maraca. O jogo está marcado para o próximo domingo, às 19h. Um dia antes, no mesmo estádio, o Fluminense, 15º colocado com 29 pontos, recebe a Chapecoense.

 

 

 

 

*      Com Globo Esporte


Deixe uma resposta