Fernando Collor reafirma candidatura a presidente

Em discurso na tribuna do Senado, senador Fernando Collor.
Moreira Mariz/Agência Senado

Jana Braga / Politica 82

O senador Fernando Collor de Mello disse novamente que é candidato a presidente na eleição desse ano. Justifica com o desejo de completar aquilo que não foi dado o direito de fazer.

 

Tem como discurso a abertura de mercado promovida pelo seu Governo à época. E a necessidade do Brasil ser revisto do ponto de vista da abertura comercial e de uma reforma política que permita o país caminhar sem crises de governabilidade.

 

A entrevista exibida pela TV Senado mostrou um ex-presidente da República sereno e equilibrado, diferente de algumas entrevistas dos tempos do impeachment.

 

O cenário nacional é de incertezas quanto as candidaturas postas, o que de certo modo remonta a eleição de 1989, quando venceu cerca de vinte candidatos no 1º turno e Lula no 2º turno.

 

Mas há de enfrentar a mácula do plano econômico que determinou o confisco dos depósitos bancários e das cadernetas de poupança para conter – sem sucesso – a inflação no país.

 

É uma boa oportunidade para tirarmos a limpo aquele ditado que diz:

 

“O povo tem memória curta.”


Deixe uma resposta