Palmeira dos Índios
33 ºC Céu limpo

Palmeira dos Índios | Céu limpo
33 ºC

82 99641-3231 (pedido musical)

82 99947-6977 (jornalismo)

82 99641-3231 (pedido musical)

82 99947-6977 (jornalismo)

Ex-piloto de Stock Car Tuka Rocha morre vítima de acidente com aeronave na BA, diz Sesab

Ex-piloto de Stock Car, Tuka Rocha estava em avião que caiu na Bahia – Foto: Redes sociais

Morreu na manhã deste domingo (17), em Salvador, o ex-piloto de Stock Car Tuka Rocha, vítima da queda de um jato executivo em Maraú, no baixo sul da Bahia, na quinta-feira (14). A informação é da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab). Trata-se da terceira morte confirmada após o acidente. Outras sete pessoas continuam internadas.

Christiano Chiaradia Alcoba Rocha, 36 anos, conhecido como Tuka Rocha, morreu às 6h20, no Hospital Geral do Estado (HGE), na capital baiana, segundo a Sesab. Ele estava na unidade desde sexta-feira (15), quando havia sido transferido do Hospital Municipal de Salvador. Tuka teve 80% do corpo queimado. Não há informações sobre o sepultamento dele.

Em 2011, o ex-piloto da Stock Car já tinha escapado de um grave acidente, quando o carro que ele pilotava em uma competição pegou fogo, no Rio de Janeiro. Ele conseguiu se jogar do veículo.

Ele era tricampeão brasileiro de Kart. Durante a carreira, disputou mais de 100 Grandes Prêmios na Stock Car e venceu a etapa de Ribeirão Preto, em 2015. Recentemente, Tuka trabalhava com coach de jovens pilotos. Ele era solteiro e não deixa filhos.

O ex-piloto Felipe Massa lamentou a morte de Tuka e desejou “muita força para seus familiares, para os que estão machucados e todos que estão sofrendo”.

“Descanse em paz Tukinha. Estou muito triste com a perda de um irmão como vc e de outras pessoas que estavam juntos nesse trágico acidente. Você foi um herói em voltar para salvar a vida de uma criança que estava no avião. Que Deus te receba de braços abertos”, comentou Felipe.

Vítimas

A queda do jato executivo aconteceu na pista de pouso de um resort de luxo que está desativado. Morreram Maysa Marques Mussi, de 27 anos, e a irmã dela, a jornalista Marcela Brandão Elias, de 37 anos.

Os outros ocupantes da aeronave ficaram feridos e estão internados em hospitais de Salvador. São eles:

  • Aires Napoleão, de 66 anos, que pilotava o jato

  • Fernando Oliveira Silva, de 26 anos,

  • Marcelo Constantino, de 28 anos, neto do Nenê Constantino, fundador da Gol

  • Marrie Cavelan, de 27 anos

  • Eduardo Mussi, irmão do deputado licenciado Guilherme Mussi

  • Eduardo Trajano Telles Elias, de 38 anos, que era casado com Marcela Brandão Elias

  • Eduardo, de 6 anos, filho de Eduardo e Marcela

*  Com G1

Motociclista morre após acidente em Olho D’Água das Flores

Motociclista morreu após acidente em Olho D’Água das Flores – Foto: Internauta / Cortesia

Um motociclista morreu e o passageiro ficou ferido após um acidente de trânsito registrado na manhã deste domingo (17), na AL-130, no município de Olho D’ Água das Flores, Sertão de Alagoas. O causador do acidente fugiu do local e não localizado.

De acordo com as informações, o acidente ocorreu nas proximidades do Posto Rodoviário. Na colisão, o condutor da moto, identificado como Maquisuel Ferreira da Silva, de 24 anos e seu passageiro foram arremessados. Maquisuel morreu no local.

O passageiro, não identificado, foi socorrido para o Hospital de Santana do Ipanema. A moto onde as vítimas estavam foi atingida na traseira por veículo de modelo não anotado, uma que o causador da colisão fugiu do local e não foi localizado. O caso será investigado pela Polícia Civil.

Guarnições do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) foram acionadas ao local. O corpo da vítima foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Arapiraca.

 

 

 

*    Com Todo Segundo


Ex-piloto de Stock Car, Tuka Rocha estava em avião que caiu na Bahia

Ex-piloto de Stock Car, Tuka Rocha estava em avião que caiu na Bahia – Foto: Redes sociais

O ex-piloto de Stock Car Tuka Rocha é um dos feridos na queda de um avião bimotor Cessna 550, que caiu na tarde desta quinta-feira, 14, em Maraú, no sul da Bahia. O acidente ocorreu enquanto a aeronave tentava pousar na pista de um resort de luxo localizado na praia de Barra Grande. A informação foi confirmada pelo reportagem no kartódromo Speedland, que é administrado por Tuka. Ele está internado no Hospital Geral do Estado, em Salvador.

A queda do avião deixou uma vítima fatal: Marcela Elias, figura muito conhecida na alta sociedade paulistana. Marcela era casada com Eduardo Elias, filho de Jorge Elias, um dos maiores decoradores do Brasil, e Lucila. Marcela, que era jornalista e atuou por muitos anos como relações públicas, morreu carbonizada.

Seu filho de seis anos e o marido também estavam a bordo. Conforme a secretária de Saúde de Maraú, Juliana Lemos, eles ficaram com 90% do corpo queimado e são os feridos em estado mais grave. Ainda segundo Juliana, os corpos das outras vítimas têm queimaduras em 30% a 40%.

O avião transportava amigos e parentes para um final de semana na Bahia. Também estavam a bordo Maysa Mussi, Eduardo Mussi (irmão do deputado Guilherme Mussi), Cristiano Rocha, Marcelo Constantino Alves, Marie Cavelan, Fernando Oliveira e o piloto da aeronave, Aires Napoleão Guerra.

Segundo a secretaria estadual de Saúde da Bahia (Sesab), todos os feridos foram transferidos para Salvador. Oito vítimas estão internadas no Hospital Geral do Estado. Uma mulher está internada no Hospital do Subúrbio, também na capital baiana.

“Na oportunidade, esclarecemos que a Sesab não fornece o estado de saúde e não comenta informações de pacientes internados na rede de assistência estadual, mesmo aqueles que já receberam alta ou foram a óbito”, disse o órgão, em nota.


Colisão entre carro e moto deixa um homem ferido próximo a shopping de Arapiraca

Motociclista foi socorrido e encaminhado para o HEA – Foto: Cortesia

No final na tarde desta sexta-feira (15) um motociclista ficou ferido após colidir um veículo no cruzamento da Rua Samaritana, com a AL-115, próximo ao shopping da cidade de Arapiraca.

A vítima identificada apenas como Tobias, de 28 anos, furou o sinal vermelho e acabou colidindo como o carro modelo Fiat Argo de cor branca, que seguia na AL-115, no sentido do 3 Batalhão da Polícia Militar. Segundo informações, o homem que conduzia a moto modelo Honda Pop 100 estava com o capacete no antebraço no momento da colisão.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) esteve no local e encaminhou a vítima para o Hospital de Emergência do Agreste, onde ele deve receber atendimento médico.

 

 

 

*   Com 7 Segundos


Mulher morre atropelada após cair de moto na parte alta de Maceió

Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=trueUma mulher morreu na manhã desta sexta-feira (15) em um acidente no cruzamento entre as BRs 316 e 104, na obra do viaduto na antiga rotatória da Polícia Rodoviária Federal (PRF), no bairro Cidade Universitária, parte alta de Maceió.

De acordo com informações policiais, Cynthia Daniela Alves de Oliveira, 33 anos, guiava uma motocicleta modelo Honda Biz, de cor vermelha e placa não informada, quando perdeu o controle do veículo, caiu na via e foi atropelada.

A vítima morreu no local e não houve tempo para que pudesse ser socorrida.

Segundo relatos de testemunhas, o veículo que atropelou Cynthia deixou o local logo após o acidente.

O corpo da motociclista foi recolhido pelo Instituto Médico Legal (IML), após exames periciais realizados no local feitos pelo Instituto de Criminalística (IC).

 

 

*   Com Cada Minuto


Alagoas já registra 204 incêndios em residências em 2019, aponta Corpo de Bombeiros

Imóvel atingido por incêndio em Marechal Deodoro, Alagoas, ficou destruído — Foto: Corpo de Bombeiros

Os registros de incêndios em residências alagoanas cresceram 11,4% em 2019, em relação a 2018.  De 1º de janeiro a 13 de novembro deste ano, 204 casas foram atingidas por fogo, enquanto, no mesmo período, no ano passado foram registrados 183 casos em todo o estado.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBM/AL), embora as causas só sejam identificadas com precisão após realização de perícias técnicas, entre os diversos motivos da origem dos incêndios destacam-se o curto circuito e os acidentes domésticos.

Em maio de 2019, Marlene Lopes, 56 anos, morreu no incêndio de um apartamento no bairro da Jatiúca, em Maceió. Exames apontaram que o fogo teria iniciado em um climatizador de ar. Já em julho, duas pessoas ficaram feridas após a casa pegar fogo, em Penedo, durante a reposição do gás de cozinha que vazou pela mangueira.
Não há como prever um incêndio, entretanto alguns cuidados básicos no dia a dia podem evitar que a residência seja atingida, evitando assim prejuízos e tragédias.

A cabo Michelle Gonçalves listou para o Cada Minuto, alguns desses principais cuidados, que podem ser facilmente adotados.

  • Realizar a manutenção da rede e equipamentos elétricos da residência;

  • Utilizar botijões e mangueiras dentro da validade e fornecidos por empresas autorizadas;

  • Manter os equipamentos preventivos, como extintores, alarmes, luminárias de emergência, hidrantes e mangueiras, conforme a normas em vigor;

  • Não dormir com velas acesas e não as deixar próximas a objetos de fácil combustão, como cortinas;

  • Não estocar produtos inflamáveis, como álcool e querosene, próximos a fontes de calor;

  • Não deixar/ esquecer o fogão aceso quando sair de casa;

  • Tirar os eletrônicos das tomadas durante uma tempestade;

  • Tomar cuidado no uso de ferro de passar e do microondas;

  • Não deixar celulares carregando em cama, travesseiro, lençóis etc;

  • Não sobrecarregar pontos elétricos com uso de “benjamim”, popularmente conhecido como “T”;

  • Jamais deixar crianças sozinhas;

Como proceder

Ainda segundo a cabo Gonçalves, existem cenários de incêndio que impossibilitam generalizar o comportamento de segurança a ser seguido. No entanto, ela informou alguns procedimentos de segurança a serem tomados no caso de incêndio em residência.

  • Ao perceber o incêndio, os Bombeiros recomendam acionar o alarme, se houver, e, em seguida, ligar para o órgão, no número 193.

  • É importante também desligar a chave elétrica geral da residência.

  • Se o incêndio estiver no início, pode-se impedir a propagação utilizando os meios preventivos existentes no local. No entanto, o Corpo de Bombeiros ressalta que nunca se deve usar água para apagar incêndio em equipamentos energizados ou em panelas com óleo.

  • Locais onde o fogo está fora de controle, com muita fumaça, com grande quantidade de produtos inflamáveis ou que não seja possível desligar a energia elétrica, as pessoas devem deixar o local imediatamente. Lembrando de utilizar sempre a escada e nunca o elevador em situação de incêndio.

  • Em lugares com a presença de muita fumaça, deve-se proteger o nariz com um pano e sair do local abaixado, rastejando.

*   Com Cada Minuto


Rua José e Maria Passos, nº 25 - Centro - Palmeira dos Índios - AL.

Redes sociais


Facebook

Whatsapp: 82 99641-3231

Fale conosco


82 99641-3231

© 2019 RÁDIO SAMPAIO - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Interactive MOnkey