82 99641-3231 (pedido musical)

82 99947-6977 (jornalismo)

‘Pior parte foi depilar na cera’, diz mecânico que foi preso ao tentar fazer prova do Detran no lugar da mãe

Heitor, que tentou fazer prova do Detran no lugar da mãe, fala sobre repercussão do caso — Foto: Diêgo Holanda/G1
Heitor, que tentou fazer prova do Detran no lugar da mãe, fala sobre repercussão do caso — Foto: Diêgo Holanda/G1

Cinco dias depois de ficar conhecido por se vestir de mulher para tentar fazer a prova do Detran no lugar da mãe, o mecânico Heitor Márcio Schiave, 43 anos, tenta voltar à rotina de trabalho na oficina localizada no distrito de Jaci-Paraná, em Porto Velho.

Ainda com as marcas de esmalte nas unhas das mãos, Heitor revelou que decidiu se passar pela mãe porque queria “presenteá-la” neste fim de ano com a CNH de carro. “Eu via o estresse dela nas tentativas frustradas de tirar a CNH, então tive a ideia de me transformar”, contou.

Porém, a atitude terminou em prisão no dia da prova prática do Detran, na terça-feira (10). A foto dele vestido de mulher na delegacia viralizou.

Início do plano e depilação

Segundo o mecânico, há algumas semanas sua mãe, Maria de Lourdes, viajou para visitar outro filho em Ji-Paraná (RO) e esqueceu um documento na casa de Heitor em Jaci-Paraná.

Heitor lembra que, no período, sua filha comentou sobre a semelhante física entre o pai e a avó. Então, o mecânico teve a ideia de se vestir de mulher para fazer a prova do Detran.

A produção para se transformar na própria mãe começou com a ida em uma loja de roupas. Inicialmente, ele queria um vestido, mas acabou optando por uma saia e uma blusa florida de manga longa.

Depois de comprar a roupa feminina, foi a vez de Heitor fazer a depilação da barba, maquiagem e pintura das unhas. A produção para se transformar na própria mãe durou um dia inteiro.

“Passei o dia anterior fazendo a maquiagem. A pior parte foi depilar a barba na cera. Aí eu vou falar pra vocês: se eu soubesse o tanto que doía eu tinha tomado bastante cachaça para amenizar”, brincou.
Na entrevista, o mecânico disse ter passado admirar ainda mais as mulheres por causa da dor na depilação.

Teste de reconhecimento

Mecânico contou com depilação, maquiagem e roupas longas para se passar pela mãe na prova do Detran em Rondônia — Foto: Whatsapp/Reprodução
Mecânico contou com depilação, maquiagem e roupas longas para se passar pela mãe na prova do Detran em Rondônia — Foto: Whatsapp/Reprodução

Uma noite antes de fazer a prova do Detran, Heitor deu uma volta na cidade vestido de mulher e não foi reconhecido por nenhum morador. Por isso, se sentiu seguro para fazer o exame prático de direção no lugar da mãe.

Para evitar que alguém descobrisse o plano dele no dia da prova, o mecânico disse ter colocado a identidade da mãe na máquina de lavar. O objetivo era que a foto do documento ficasse irreconhecível.

“Eu bati o RG na máquina de lavar roupa, aí deu uma estragada, e não dava pra ver certinho como tava o rosto da foto”, explicou.

O teste prático de direção foi marcado para o dia 10 de dezembro no distrito de Nova Mutum, a cerca de 15 quilômetros de onde ele mora.

O mecânico chegou a entrar no carro de teste e fazer a prova de baliza. Mas os examinadores passaram a desconfiar da atitude da “candidata” e chamaram a PM.

“Acho que o examinador desconfiou porque eu estava meio ligeiro na direção, mas tinha tudo para dar certo”, disse, contando que não teve má-fé no ato, porque seria uma prova de amor à mãe.
Diante do flagrante, Heitor foi preso e levado à Central de Polícia em Porto Velho.

Preocupação com a mãe após a prisão

Heitor disse que quando a mãe soube da prisão dele chorou bastante e se sentiu culpada. “Ela ficou bastante preocupada no dia, mas acabei sendo solto.”

O filho de Maria de Lourdes contou ainda que não sabe se repetiria o plano da CNH, mas que pela mãe dele faria qualquer coisa.

“Eu sou muito emotivo, eu vivo intensamente e vivo minha mãe intensamente. O que tem de ser, é. Nunca teve meio-termo. Eu amo ela demais”, diz emocionado.

Questionado sobre o que pensou quando viu o plano dar errado, ele disse que sabia que seria preso, mas que não tinha ideia de uma possível condenação criminal por falsidade ideológica, por exemplo.

Heitor Márcio Schiave voltou ao trabalho após a prisão e diz não se importar com as brincadeiras dos amigos — Foto: Diêgo Holanda/G1
Heitor Márcio Schiave voltou ao trabalho após a prisão e diz não se importar com as brincadeiras dos amigos — Foto: Diêgo Holanda/G1

O irmão de Heitor, o advogado Arthur Bagder Schiave, é quem vai cuidar da defesa do caso no Judiciário. Um inquérito policial foi instaurado pela Polícia Civil para investigar a prática dos crimes de estelionato e falsidade ideológica.

‘Vovozona’

Já livre e de volta ao trabalho na oficina, Heitor Schiave leva a situação de forma descontraída. No distrito, todas as pessoas ouvidas pela reportagem sabiam do caso e disseram entender o “ato de amor” de um filho pela mãe, apesar de a prática ser um crime.

Com a repercussão do caso, o mecânico ganhou um apelido no distrito de Jaci-Paraná:

Repercussão

Não foi apenas no distrito de Jaci-Paraná que o caso repercutiu nesta semana. A imagem de Heitor vestido de mulher, ainda na delegacia, foi destaque até na Europa.

O site da rede BBC destacou que o homem tentou se passar pela mãe porque ela teria reprovado três vezes nas provas do Detran em Rondônia.

Já o jornal “The Guardian”afirmou que, em uma das tentativas de tirar a CNH, a mãe de Heitor chegou atrasada no local da prova e não pôde entrar no carro.

Rede britânica BBC repercutiu caso de Heitor — Foto: Reprodução
Rede britânica BBC repercutiu caso de Heitor — Foto: Reprodução

*   Com G1


Jovem estreia CNH batendo carro em veículo da PM no interior de SP.

Jovem estreia CNH batendo carro em veículo da PM no interior de SP.

O que era para ser uma estreia com a carteira de habilitação terminou em um acidente inusitado que virou tema de memes. Uma jovem de 18 anos, que não teve a identidade confirmada pela polícia, capotou o carro ao bater em uma viatura da Polícia Militar em Franca (SP) após se atrapalhar com os pedais do veículo, segundo a PM.

A jovem alegou aos policiais que pisou no acelerador ao invés do freio e que este era o primeiro dia dela com a CNH.

O acidente aconteceu no cruzamento da Avenida dos Sapateiros com a Rua Alfredo Tosi. Dois policiais ocupavam a viatura do canil da PM de Franca quando houve a colisão. A viatura chegou a ser arrastada por alguns metros e tombou. A motorista do carro, um Zafira, não respeitou o sinal de parada.

“Ela estava no sentido universidade e imaginou que a viatura fosse parar. A princípio, ela disse que teria se confundido com os pedais e, ao invés de pisar no freio, acelerou”, diz o tenente Luciano Pereira, que esteve no local para acompanhar a ocorrência. Segundo ele, foi a primeira vez que a jovem dirigiu um carro sozinha.

Pelas redes sociais, a jovem – que se identifica nas redes sociais como Carol Antoniete. “Eu não passo despercebida nunca, né. Não bastava bater o carro quase no primeiro dia de carta, tinha que ser numa viatura da PM e ainda capotar. KKKKKKKKKKKKKKKKKK rindo de desespero”, escreveu.

Momentos depois do acidente, a perícia técnica esteve no local para investigar as causas do acidente. Um boletim de ocorrência foi elaborado e haverá investigação, em sindicância. “A viatura é patrimônio do Estado, e a responsabilidade tem que ser apurada”, disse.

 

 

 

 

 

Fonte: UOL

Homem que assaltava usando batata doce como arma é preso

(Foto: TV Pajuçara)

Um homem foi preso na noite dessa segunda-feira (15), depois de ser imobilizado por uma vítima de assalto. O caso aconteceu em uma grota no bairro do Benedito Bentes, parte alta de Maceió e chamou a atenção pela arma usada para praticar o crime: uma batata doce.

De acordo com informações da polícia, Samuel Lira Rodrigues, de 29 anos, abordou um motociclista com a mão na cintura, onde aparentava carregar um revólver. Rendida, a vítima foi levada até um matagal onde passou a ser espancada com uma barra de ferro, nas costas.

“Percebi que o assaltante estava me batendo mesmo com uma arma na cintura e desconfiei”, contou o motociclista, em entrevista à TV Pajuçara. “Então decidi imobilizá-lo, arrastei ele com uma chave de braço e pedi ajuda a quem passava pela pista”, explicou o rapaz.

Durante a briga, o suspeito deixou transparecer a “arma”, o que virou piada até a chegada da polícia.

Samuel foi conduzido até uma unidade de saúde onde recebeu atendimento médico e, em seguida, foi levado até a Central de Flagrantes, no Pinheiro. Ele permaneceu em silêncio enquanto era autuado por tentativa de roubo.

 

 

Fonte: Já é notícia


Assaltante rouba moto, logo depois passa em frente à Central de Polícia Civil de Arapiraca e acaba preso.

No início da tarde desta terça-feira (02), aconteceu uma situação inusitada que aponta para a certeza de impunidade, os criminosos, sequer, temem a prisão. Uma vítima de assalto estava na Central de Polícia Civil de Arapiraca, no bairro Baixão, onde foi prestar queixa do roubo de sua motocicleta, logo depois do crime.

Segundo informações, depois de confeccionado o Boletim de Ocorrência (B.O), já na saída da Central de Polícia, a equipe de reportagem de uma rádio local solicitou uma entrevista com a vítima, para que ela falasse como se deu o assalto e sobre as características do seu veículo que foi roubado.

No momento em que a vítima estava sendo entrevistada, avistou uma motocicleta passando pela rua, em frente à Central de Polícia, e gritou que era a sua moto. No mesmo instante, uma guarnição da Rocam que estava no local partiu em demanda e conseguiu recuperar a motocicleta e prender os dois suspeitos de roubo.

Os suspeitos foram conduzidos à Central de Polícia Civil para a realização dos procedimentos cabíveis. A motocicleta foi devolvida ao seu proprietário.


Máscara de Fábio Assunção para carnaval vira polêmica entre famosos

O carnaval 2019 já está em ritmo de aquecimento. E uma das apostas dos empresários para este ano, já virou polêmica entre anônimos e famosos: a máscara do ator Fábio Assunção.

Algumas pessoas estão julgando a “brincadeira” de gosto duvidoso nas redes sociais. Entre os famosos, o influenciador AD Junior fez uma publicação em sua rede social fazendo duras críticas ao assessório parece ser o novo hit da maior festa do Brasil: “O Brasil e os Estados Unidos vivem uma grave epidemia de consumo de drogas, nos US chamada de “opioid crisis”.

Estamos vivendo uma inversão de valores, onde rir das pessoas que estão vivendo o pior momento de suas vidas é engraçado”. Fabio Assunção engatou o romance com Karina após a tentativa de retomada com a atriz Maria Ribeiro não ter dado certo. Maduros, os atores decidiram ficar somente na amizade.

A publicação teve várias curtidas em poucas horas, entre elas alguns famosos como: Juliana Alves, Gleici Damasceno e Dan Ferreira.

Fábio Assunção deu entrevista a Pedro Bial ano passado onde revelou sua luta contra o vício das drogas:”uso exagerado e uma relação obsessiva”. O ator ainda não se pronunciou sobre o caso.


Memes ‘O nome dela é Jenifer!’ viram febre entre internautas

Se você ainda não viu nenhum meme ou recebeu pelas redes sociais pelo menos um vídeo da música “O nome dela é Jenifer!”, do cantor Gabriel Diniz, não mora no Brasil.

O efeito viral começou nessa terça-feira (8) e virou febre entre os internautas que usaram toda a criatividade para compartilhar piadas cada vez mais criativas, pelas redes sociais.

Confira algumas pérolas:

 


Redes sociais


Whatsapp: 82 99641-3231

Contato


Rua José e Maria Passos, nº 25 - Centro - Palmeira dos Índios - AL.

Tel: (82) 99641-3231

© 2020 RÁDIO SAMPAIO - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Interactive MOnkey