82 99641-3231 (pedido musical)

82 99947-6977 (jornalismo)

Segundo IBGE, desemprego no país caiu para 11,6% em novembro

Segundo IBGE, desemprego no país caiu para 11,6% em novembro

No trimestre encerrado em novembro, a taxa de desocupação no país caiu para 11,6%, com a diminuição de 10,6% no número de desempregados, uma redução de 1,5 milhão de pessoas. A queda em relação ao trimestre anterior foi de 1,6 ponto percentual e o número de pessoas sem ocupação é de 12,4 milhões. Na comparação com o mesmo período do ano anterior, a queda foi de 14,5%, com 2,1 milhões a menos em busca de trabalho.

Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) Contínua para o trimestre encerrado em novembro de 2021, divulgada hoje (28) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Segundo o instituto, entre o trimestre encerrado em agosto e o período encerrado em novembro, 3,2 milhões de pessoas conseguiram entrar no mercado de trabalho, um aumento de 3,5% no número de pessoas ocupadas.

De acordo com a coordenadora de Trabalho e Rendimento do IBGE, Adriana Beringuy, a recuperação pode estar refletindo a sazonalidade do fim de ano.

“Esse resultado acompanha a trajetória de recuperação da ocupação que podemos ver nos últimos trimestres da série histórica da pesquisa. O crescimento também já pode estar refletindo a sazonalidade dos meses do fim de ano, período em que as atividades relacionadas principalmente a comércio e serviços tendem a aumentar as contratações.”

O nível de ocupação foi estimado em 55,1%, um aumento de 1,7 ponto percentual frente ao trimestre anterior.


Caixa paga Auxílio Brasil a cadastrados com NIS final 9

Caixa paga Auxílio Brasil a cadastrados com NIS final 9

A Caixa paga nesta sexta-feira (28) o Auxílio Brasil a beneficiários com Número de Inscrição Social (NIS) final 9. O valor mínimo do benefício é R$ 400. As datas seguirão o modelo do Bolsa Família, que pagava os beneficiários nos dez últimos dias úteis do mês.

Em janeiro, 3 milhões de famílias foram incluídas no programa, aumentando para 17,5 milhões o total atendido. Segundo o Ministério da Cidadania, serão gastos R$ 7,1 bilhões neste mês com o Auxílio Brasil.

O beneficiário poderá consultar informações sobre datas de pagamento, valor do benefício e composição das parcelas em dois aplicativos: Auxílio Brasil, desenvolvido para o programa social, e o Caixa Tem, usado para acompanhar as contas poupança digitais do banco.

Auxílio Gás

O Auxílio Gás também é pago hoje – retroativamente – às famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), com NIS final 9. O benefício segue o calendário regular de pagamentos do Auxílio Brasil.

Com duração prevista de cinco anos, programa beneficiará 5,5 milhões de famílias até o fim de 2026, com o pagamento de 50% do preço médio do botijão de 13 quilos a cada dois meses. Atualmente, a parcela equivale a R$ 52. Para este ano, o Auxílio Gás tem orçamento de R$ 1,9 bilhão.

Só pode fazer parte do programa quem está incluído no CadÚnico e tenha pelo menos um membro da família que receba o Benefício de Prestação Continuada (BPC).

A lei que criou o programa definiu que a mulher responsável pela família terá preferência, assim como mulheres vítimas de violência doméstica.

Benefícios básicos

O Auxílio Brasil tem três benefícios básicos e seis suplementares, que podem ser adicionados caso o beneficiário consiga emprego ou tenha filho que se destaque em competições esportivas, científicas ou acadêmicas.

Podem receber o benefício famílias com renda per capita até R$ 100, consideradas em situação de extrema pobreza, e até R$ 200, em condição de pobreza.


Caixa paga Auxílio Brasil a cadastrados com NIS final 8

Caixa paga Auxílio Brasil a cadastrados com NIS final 8

A Caixa paga nesta quinta-feira (27) o Auxílio Brasil a beneficiários com Número de Inscrição Social (NIS) final 8. O valor mínimo do benefício é R$ 400. As datas seguirão o modelo do Bolsa Família, que pagava os beneficiários nos dez últimos dias úteis do mês.

Em janeiro, foram incluídas 3 milhões de famílias no programa, aumentando para 17,5 milhões o total atendido. Segundo o Ministério da Cidadania, serão gastos R$ 7,1 bilhões neste mês com o Auxílio Brasil.

O beneficiário poderá consultar informações sobre datas de pagamento, valor do benefício e composição das parcelas em dois aplicativos: Auxílio Brasil, desenvolvido para o programa social, e o aplicativo Caixa Tem, usado para acompanhar as contas poupança digitais do banco.

Auxílio Gás

O Auxílio Gás também é pago hoje – retroativamente – às famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), com NIS final 8. O benefício segue o calendário regular de pagamentos do Auxílio Brasil.

Com duração prevista de cinco anos, o programa beneficiará 5,5 milhões de famílias até o fim de 2026, com o pagamento de 50% do preço médio do botijão de 13 quilos a cada dois meses. Atualmente, a parcela equivale a R$ 52. Para este ano, o Auxílio Gás tem orçamento de R$ 1,9 bilhão.

Só pode fazer parte do programa quem está incluído no CadÚnico e tenha pelo menos um membro da família que receba o Benefício de Prestação Continuada (BPC).

A lei que criou o programa definiu que a mulher responsável pela família terá preferência, assim como mulheres vítimas de violência doméstica.

Benefícios básicos

O Auxílio Brasil tem três benefícios básicos e seis suplementares, que podem ser adicionados caso o beneficiário consiga emprego ou tenha filho que se destaque em competições esportivas ou em competições científicas e acadêmicas.

Podem receber o benefício as famílias com renda per capita até R$ 100, consideradas em situação de extrema pobreza, e até R$ 200, em condição de pobreza.


Pequenas empresas são responsáveis por 76% dos novos empregos

Foto: Celso Tavares

Uma pesquisa do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) mostra que as micro e pequenas empresas seguem como as principais geradoras de novas vagas de emprego. De acordo com levantamento, feito com base no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), o setor foi responsável por 76% das vagas de emprego no país. Os dados correspondem ao mês de novembro de 2021.

Na avaliação do Sebrae, há 15 meses seguidos os pequenos empresários geram a maioria das vagas de emprego no Brasil. A média mensal do período é superior a 70% de participação na criação de novas vagas.

O comércio foi responsável pela abertura de 116,7 mil postos, seguido pelos setores de serviços (98,7 mil), construção (16,7 mil) e indústria (15,2 mil).

No caso das empresas de médio e grande porte, o maior número de postos de trabalho foi gerado nas firmas do setor de serviços (80,8 mil vagas), seguido pelo comércio (21,3 mil). A agropecuária, indústria e a construção apresentaram saldo negativo de criação de novas oportunidades.

Título alterado às 16h09 para corrigir informação. As pequenas empresas são responsáveis por 76% dos novos empregos, e não por 70%, como havia sido informado.


Caixa paga Auxílio Brasil a cadastrados com NIS final 7

Caixa paga Auxílio Brasil a cadastrados com NIS final 7

A Caixa paga, nesta quarta-feira (26), o Auxílio Brasil a beneficiários com Número de Inscrição Social (NIS) final 7. O valor mínimo do benefício é R$ 400. Datas seguirão modelo do Bolsa Família, que pagava beneficiários nos dez últimos dias úteis do mês.

Em janeiro, foram incluídas 3 milhões de famílias no programa, aumentando para 17,5 milhões o total atendido. Segundo o Ministério da Cidadania, serão gastos R$ 7,1 bilhões neste mês com o Auxílio Brasil.

O beneficiário poderá consultar informações sobre datas de pagamento, valor do benefício e composição das parcelas em dois aplicativos: Auxílio Brasil, desenvolvido para o programa social, e o aplicativo Caixa Tem, usado para acompanhar as contas poupança digitais do banco.

Auxílio Gás

O Auxílio Gás também é pago hoje – retroativamente – às famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), com NIS final 7. O benefício segue calendário regular de pagamentos do Auxílio Brasil.

Com duração prevista de cinco anos, o programa beneficiará 5,5 milhões de famílias até o fim de 2026, com pagamento de 50% do preço médio do botijão de 13 quilos a cada dois meses. Atualmente, a parcela equivale a R$ 52. Para este ano, o Auxílio Gás tem orçamento de R$ 1,9 bilhão.

Só pode fazer parte do programa quem está incluído no CadÚnico e tenha pelo menos um membro da família que receba o Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Lei que criou o programa definiu que a mulher responsável pela família terá preferência, assim como mulheres vítimas de violência doméstica.

Benefícios básicos

O Auxílio Brasil tem três benefícios básicos e seis suplementares, que podem ser adicionados caso o beneficiário consiga emprego ou tenha filho que se destaque em competições esportivas, científicas ou acadêmicas.

Podem receber o benefício famílias com renda per capita até R$ 100, consideradas em situação de extrema pobreza, e até R$ 200, em condição de pobreza.


Equatorial Alagoas reforça alternativas de atendimento para que clientes evitem o deslocamento até as agências presenciais

Foto: Assessoria

Diante do aumento dos casos de pacientes com síndromes gripais em Alagoas e preocupada com o bem-estar de seus clientes para resguardar a saúde de todos, a Equatorial dá orientações e alternativas de canais de atendimento para que os consumidores não precisem ir até às agências presenciais da empresa para resolver pendências que podem ser realizadas remotamente de forma rápida e segura.

Por meio dos canais digitais que funcionam 24 horas por dia, sete dias por semana e são gratuitos, a população alagoana tem acesso à diversos serviços ofertados pela companhia. A gerente de relacionamento com o cliente da Distribuidora, Patrícia Moraes, reforça a importância dos clientes procurarem, primeiramente, alternativas digitais, antes de saírem de casa para evitar espaços com aglomerações de pessoas, neste atual momento.

“Estamos com esse aumento de pessoas com síndromes gripais aqui no estado e nós estamos atentos a todos os cuidados que os órgãos de saúde vêm recomendando. As agências de atendimento estão funcionando, mas reforçamos que em nossos canais digitais estão disponíveis diversos serviços, que podem ser solicitados de forma ágil, sem que haja a necessidade de deslocamento”, destaca Patrícia.

Relembre os canais digitais da Equatorial Alagoas:

Atendimento pelo WhatsApp

Com a assistente virtual Clara, que realiza atendimento pelo aplicativo de mensagens WhatsApp, os alagoanos podem registrar falta de energia, solicitar código para pagamento, consultar débitos, pedir religação e fazer o cadastro na Tarifa Social Baixa Renda.

Para falar com a Clara, é necessário salvar o telefone (82) 2126-9200 na agenda do celular. Depois basta enviar uma mensagem de texto pelo aplicativo e informar o CPF, CNPJ ou código da unidade consumidora para que seja dado o encaminhamento e solicitar o serviço.

É importante ressaltar que, por enquanto, a assistente virtual não atende ligações e nem recebe áudios, imagens ou vídeos. Dessa forma, os clientes devem ficar atentos na forma de se comunicar para que o atendimento flua da melhor maneira possível e sem entraves.

Site

No site da Equatorial, www.equatorialalagoas.com.br é possível ter acesso a serviços como: informar falta de energia, solicitar troca de titularidade, ligação nova/religação e desligamento de instalação, emissão de segunda via e código para pagamento, mudar data de vencimento, consulta de débitos, atualização de dados cadastrais e ainda há informações sobre direitos e deveres, iluminação pública, Tarifa Social, entre outros assuntos.

Aplicativo

Já o aplicativo, está disponível para baixar gratuitamente em celulares ou tablets com sistema operacional Android ou IOS.

Na plataforma é possível encontrar os serviços de emissão de segunda via, consulta de débitos e informar falta de energia. Ao clicar em “outros serviços”, o usuário é automaticamente direcionado para o site.
Central de Atendimento

Na Central de Atendimento telefônica da Equatorial, também são disponibilizados vários serviços através do número 0800 082 0196. A ligação é gratuita, pode ser originada de celular. Neste canal, é possível solicitar serviços emergenciais como falta de energia, consultar débitos, efetuar cadastro na tarifa social baixa renda e solicitar desligamento de energia.

Atendimento para Grandes Clientes

Os clientes de média e alta tensão da Equatorial podem solicitar atendimento por meio da Central no telefone 0800 082 8500. A ligação é gratuita e pode ser originada de celular de qualquer operadora. A distribuidora disponibiliza ainda suporte através do e-mail: grandesclientes.alagoas@equatorialenergia.com.br
Por estes canais, é possível fazer o registro de serviços emergenciais como falta de energia; pedir segunda via de faturas e ainda solicitar o pedido de novos contratos (ligação nova) de energia. Além disso, os clientes podem tirar dúvidas e obter informações relacionadas ao seu contrato.

Negociação de débitos

Outro canal importante seja para quitar dívidas à vista ou parcelada, com total comodidade, é a Central exclusiva de negociação que atende pelo telefone 0800 729 2058. As chamadas podem ser feitas a partir de um celular, com ligação gratuita, das 8h às 20h, de segunda a sexta-feira e das 8h às 14h, aos sábados.

Por: Assessoria de Imprensa da Equatorial Alagoas


Redes sociais


Contato


Rua José e Maria Passos, nº 25 - Centro - Palmeira dos Índios - AL.

(82) 99641-3231


TELEFONE FIXO - ESTUDIO:
(82)-3421-4842

SETOR FINANCEIRO: (82) 3421-2289 / 99636-5351
(Flávia Angélica)

COMERCIAL:
(82) 99621-8806
(Dalmo Gonzaga)

© 2022 RÁDIO SAMPAIO - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Interactive MOnkey